quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Cumplicidade mutua do nosso sentimento. |Poetizando e Encantando|

 
~~~~
Anda, vem comigo passear à beira mar
Sentir a água gelada beijar-nos os pés
Respirar, a brisa marítima que faz
Contemplar o horizonte, e as marés
Talvez possamos, por ali ficar
Num passeio a dois, que tanto me satisfaz
Anda, vamos de mão dada na mesma direcção
Olhamos a pureza das ondas que bailam
Mesmo depois do sol ter ido embora
O mar abranda, as nuvens não pairam
Sentimos a alegria e num misto de emoção
Sabemos, que qualquer maré tem hora
Vamos, vamos sem a contagem do tempo
Sem limites, ou talvez sem destino
Apenas levamos na nossa inspirada bagagem
Sorrisos, palavras e conselhos sem desatino
E cumplicidade mutua do nosso sentimento
Anda, vamos ser felizes, nesta viagem...

~~~~
💝Autora: Larissa Santos

 
Começo a imaginar como será a edição numero [100] do Poetizando e Encantando, Da Porf. Lourdes Duarte do BLOGUE Filosofando na Vida  O nosso blogue associa-se mais uma vez a esta corrente poética que é linda e salutar. Obrigada pelo convite.  Espero ser do vosso agrado.
Resultado de imagem para flores de outono
Recebam o meu/nosso carinho, através destas flores. Leve a sua e seja feliz.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Amar-te até adormecer




Noite de luar, infiéis pensamentos
por entre doutos sentimentos,
quero-te encontrar e merecer
acariciar-te, até o desejo querer

sentir-te entre as estrelas do amanhecer
Mesmo que o meu corpo possa doer
Em que as dores sejam o reflexo do sonho
E um noite de amor, te possa oferecer

Amar-te, sentir-te adormecer
Em meus braços cansados
Onde te quero ter
ouvir a tua voz rouca, timbrada
Jurando amor em troca de nada

Unidos pelo ensejo, pela emoção
E numa entrega do coração
Encontrar areais desertos tão frios
secos, abandonados, vazios

onde os silêncios da agitação
originem o pulsar deste desejo
de poder dar-te um beijo
E amar-te até adormecer

***
autor: gil antónio
*

domingo, 15 de setembro de 2019

Sentimento atroz. {Poetizando e Encantado}

~~💓~~
Sou uma sonhadora num tempo real
Sou a inocência, a leveza em magia
Sou a borboleta que esvoaça, irreal
Sou uma sonhadora que te contagia
.
Uma sonhadora perdida na solidão
Sou, mas não sou, o tempo perdido
Sentimento que me deixa sem chão
Quando meu voo já não faz sentido
.
Sinto que as borboletas leves, ágeis
Me acompanham numa árdua viagem
Nos tempos que surgem, mais frágeis
.
Espero pelo sussurro da tua doce voz
No tempo que me permita ser assídua
Porque sonhar, é um sentimento atroz.
~~🔥~~

Autora: Larissa Santos

 
Mais uma desafiante edição: 'Nr 97'. É com gosto que, embora tarde, participo nesta brincadeira Poética, com o Blogue, Poetizando e Encantando  da Poetiza e Frof Loudes. - AQUI - Obrigada pelo convite. Espero que gostem.

Resultado de imagem para flores 
Uma cestinha de flores para vos perfumar o fim-de-semana. É vossa, levem... Bjos

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Para além do infinito

~~~~
Existe um infinito... com nome de saudade
Que fica para além de toda a minha energia
Quando me entra na mente fica uma vontade
De me encontrar, com esse infinito, um dia
~
Existe tanto para além da minha existência
Existe um mundo por viver, e outro vivido
Existe palavra sem tom, afinidade, carência
Existem palavras sussurradas ao meu ouvido
~
Se existir um mundo para a além do infinito
Que esse mundo seja sereno e apenas só meu
Que não exista a desilusão, apenas o espírito
Das palavras ternas que alguém me ofereceu.

~~🍀~~

🌹Autora: Larissa Santos


terça-feira, 10 de setembro de 2019

Procuro na solidão. |Poetizando e Encantando|

~~💜~~
Descalça no areal, pela manhã
Sinto a brisa no rosto
O sossego do mar
Sinto o sol encoberto
A vontade de andar
O cheiro da maresia
A frescura
A maciez da areia
Os meus pensamentos
Só eu sei como os sinto
Quando o destino é incerto
~~ ~~
Sinto as nuvens a esvaecer
Em ondas de calma
Num sereno amanhecer
Onde o silencio desperta
Cada ponto da minha alma
Procuro na solidão
As coisas mais belas da vida
Medito, sobre tudo o que não fiz
Mas que desejo fazer
Neste labirinto onde a poesia
Desperta dentro do meu coração.
~~💜~~
🌷Autora: Larissa Santos

 
De uma forma muito simples apresento a minha participação, pesar do tempo ser escasso. Porém, agradeço o convite, deixado pela Professora e Poetiza Loudes Duarte. BLOGUE Espero que gostem.

Imagem relacionada  
Flores, para perfumar  e embelezar a semana de todos vós.

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Nostalgia em Sentimentos de amor


Foste o meu luar na noite escura
O meu amor cuidado, safadeza
O licor mais doce que bebi
Foste a ilusão dentro de mim
O rio correndo de Norte para Sul
A ternura, o aroma do meu quarto
O  cálido adormecer, o doce acordar
A margem florida, a mais pura

*
Foste o lençol de volúpia do meu leito
A nostalgia da tua pele que beijei
O vulcão em lava ardente, queimando
A luz que me iluminando
Me levou a passear pelo luar do sonho
O veludo mais carinhoso que toquei
Foste a mulher que de qualquer jeito
Um dia tanto amei
*
Foste a loucura a efervescência do prazer
Desses sedutores e belos lábios que beijei
Foste o meu delírio que nem sei
Foste a luz perfeita da amena manhã
Foste a chama tão inocente
Que queimando a alma da gente
Foste o sonho inacabado, carente
A mulher que tanto amei
*
Foste a lágrima, a ironia do tempo
O castelo onde o meu corpo descansou
Onde me senti o soldado, quiçá o Rei
Foi-se desvanecendo o doce desejo
Mas por vezes quando entra a solidão
Sinto dentro do meu coração
Saudades íntimas do teu doce beijo
Desses lábios sensuais que tanto amei
*
***
autor: gil antónio
*

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Amor em flor e perfume de desnorte

( Imagem da net )

Meu amor por ti é louco, profundo
O teu sorriso é como uma melodia
Que me faz viver neste vil mundo
Onde o teu olhar é a luz do meu dia
*
São os teus beijos molhados, ardentes
Luz que ilumina a minha noite serena
Que saciam os meus desejos carentes
Onde os meus anseios são dor amena
*
Meu amor, se algum dia eu te contasse
Através do sorriso, qual gota vertida
Sentirias como bates de forma tão forte
*
Não podia existir se assim não te amasse
Dentro do meu peito onde és dor sentida
Serás a flor que perfuma o meu desnorte

*
autor: gil antónio
.

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Numa saudade que supera as maiores ousadias. [Poetizando e Encantando]

 
~~💙~~
Os nossos pensamentos deambulam nos areais
As ondas atarefadas desfazem-se num bailado
Escutamos no seu murmurar, segredos, ideais
Deixamos que os pensamentos sejam passado
~~
Sentimos na brisa o frescor do nosso alimento
Sentimos, que mesmo deambulando pela praia
Existe magia das ondas, para o nosso contento
Mesmo que a distância seja o que nos distraia
~~
Os nossos pensamentos sentem-se num abraço
Numa saudade que supera as maiores ousadias
Ambos, passeamos pelo areal, mas num enlaço
Vivem-se sonhos de amor, amo-te todos os dias

~~🍀💙 🍀~~
🌷Autora: Larissa Santos

 
O trabalho desta vez tocou-nos as voltas. Derivado aos afazeres andamos atrasados e assim continuamos. Esperamos a compreensão dos nossos leitores e seguidores. Apesar do atraso tive o gosto de participar em mais um poetizando do Blogue, da Poetiza Loudes Duarte. Obrigada.

Imagem relacionada 

Flores, para encantar os vossos olhares e perfumar a vossa semana. Obrigada.

sábado, 31 de agosto de 2019

As estrelas podem ser enganadoras.

~~💚~~
A noite chegou, com frio, solidão
E tristeza na escuridão
Ilumino o meu caminho, e vejo
O céu limpo, estrelas cintilantes
A lua iluminando o meu saudoso olhar
Que te procura, desnorteado
Numa saudade avassaladora
Pelos trilhos da minha eterna ilusão
Conto as estrelas... conto as horas
Sussurro, segredos meus, à lua
Deixo cair uma lágrima
Que se transforma em saudade
Porque o coração confessa a verdade
Se despe de segredos, continua
Na noite, onde a solidão é constante
E as estrelas podem ser enganadoras.
~~💕~~
💋Autora: Larissa Santos

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Amor em alma deserta



Meu amor, se você não existisse
Não sei o que de mim seria
Se por você eu não sorrisse
Nem uma doce estrela brilharia
*
Sinto dentro do peito um fogo ardente
Que me dá alegria, me faz viver
Dividir com você o meu presente
Faz de mim o que nunca imaginei ser
*
Viveria um sonho que decerto seria bom
Mas sem esse amor que por você sei sentir
Seria eu uma música desafinada, sem som
Que me deixaria sem vontade de existir
*
As palavras seriam meras surdas baladas
Quiçá, transparecendo sentimentos de dor
Seriam as flores musas desfolhadas
E nem as suas pétalas teriam o mesmo vigor
*
Seria o meu coração como uma ave liberta
Se você não estivesse comigo
Mas seria a minha alma tão deserta
Nem a minha vida faria qualquer sentido
* * *


Pegue na rosa com carinho
Segure-a com a sua fina mão
Para depois como miminho
A encostar ao seu coração
*
***
autor:- gil antónio
*

sábado, 24 de agosto de 2019

Existem desejos que esperam - | Poetizando e Encantando |

94ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO
~~~~
Entre a magia de um baloiço enfeitiçado
Numa tarde silenciosa, e aprazível
Reservada num espaço ao nosso agrado
Alvoraçando o meu lado mais sensível
Em volta, a natureza, onde um lago habitava
Um baloiço enfeitado, a luz e acendia
Dentro de mim o coração suspirava
Desejava o teu rosto sorridente, que se rendia
Desejava os teus lábios como um alimento
Os teus beijos como balsamo, regeneram
Desejava-te tanto neste mágico momento
Como sempre, existem desejos que esperam
 ~~💝~~
🌷Autora: Larissa Santos 

 
Apesar de ter regressado existem assuntos para ordenar, daí o atraso. Estamos cada vez mais perto do centenário do Poetizando. Para mim/nós, é sempre um gosto poder participar. Mais uma vez obrigada pelo convite deixado aqui no nosso Brincando. Participação simples, mas feita com carinho, espero que gostem. Visitem o Poetizando e Encantando da Poetiza e Professora Lourdes Duarte. AQ:- BLOG

Resultado de imagem para CESTO DE FLORES
Flores, para perfumar e alegrar, o vosso/nosso fim-de-semana.

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Lágrimas, palavras do coração


Rolam as lágrimas pelas tuas faces rosadas
São como palavras que ferem o teu olhar
Palavras sentidas, silenciosas, magoadas
São o reflexo do teu coração a chorar
*
Olhar que arde em lágrimas devotas
De puro amor, pelo destempo vencido
Ânimo que se derrete em livres gotas
Coração pela saudade, entristecido
*
Chorar por amor, vértice de carinho
Por uns olhos tristes, ausentes
São palavras ditas baixinho
Por sentimentos tão presentes
*
Extraídas de um severo pensamento
Que traz à mente períodos de solidão
Que vagueando solitárias como o vento
São as lágrimas, palavras do coração
*
***
autor:- gil antónio
*

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Entregas-me uma rosa num ávido beijo. {Poetizando e Encantando}

 93ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO
~~💝~~
 
Dançámos um tango defronte ao mar
Ambos vestidos pontualmente a rigor
Entusiasmo que nos invadia o olhar
E nos levava, sem limite, ao amor
~
O nosso olhar lagrimante, emocionado
Nossos lábios num toque, suavemente
Quando saboreados em tom apaixonado
Nos tornamos um só, num beijo ardente
~
O crepúsculo chegava em silêncio
O mar num sossego, apreciava
Todo este amor que não prenuncio
Mas que sentia enquanto te olhava
~
Entregas-me uma rosa num ávido beijo
Acaricias-me o rosto, como a brisa sentida
Deixas em mim um caloroso desejo
De te manter, eternamente, na minha vida.
Autora Larissa Santos
~~🍀🍀~~

POETIZANDO E ENCANTANDO
Derivado às férias temos andado um pouco afastados. Porém, mais vale tarde do que nunca. Aqui está a participação do Brincando para com o BLOG da Profª Lourdes Duarte. Filosofando na Vida. 

 Imagem relacionada
Para que  a sua semana seja bela e perfumada, leve a sua flor. Estou de volta. Bjos

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Quase, quase de volta...

Resultado de imagem para Um cesto de flores
~~🍀~~
Estamos quase de volta ao nosso convívio. Enquanto não acontece em "difinitivo", deixo-vos  umas pétalas de flores perfumadas, para vos alegrar a alma e aconchegar o coração. Desejar-vos um excelente Feriádo de amanhã (em Portugal)...Para todos em geral, um óptimo fim-de-semana.

Ainda não poderei visitar-vos. Mas... me aguardem... 😄💖

Caminhos de desnorte ( Poetizando e Encantando )

92ª Edição do Poetizando e Encantando


Já viajei por entre carris estreitos
Em veículos imaginários
Ultrapassei destinos de sombrio
Nadei em mares, águas de rio
Senti dores em momentos vários
Vaguiei por entre anseios e trejeitos
*
Viajei por caminhos sem rota definida
Inalei o perfume dos campos, das flores
Ultrapassei os meus próprios temores
Vivi irrealizáveis amores, recebi mimo
Num tempo de vida sem vida
Sem encontrar o meu destino
*
Trilhei carreiros sem princípios certos
Fui folha seca pelos atalhos desertos
Olhei o além, não olhei para mim
Ultrapassei sentimentos e fadários
E no meio dos meus dias solitários
Encontrei-te … por fim
*

Um beijo, um olhar, um carinho
Um desejo, beijar os teus traços
Para que num jeito meiguinho
Sentir-te apertada em meus braços


É com todo o gosto, carinho e amor poético, que o blogue Brincando com as Palavras, se associa e aceita o convite formalizado no blogue Filosofando e Encantado, da ilustre poetisa, profª Lourdes Duarte, que pode (e deve) visitar, clicando »»» AQUI

Que a felicidade marque residência em seu coração.

***
autor: gil antónio
*