sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Quantas vezes vagueio nos mais insanos caminhos

Resultado de imagem para imagens de serenidade

Quantas vezes vagueio pelos insanos caminhos,
quando espero e desespero
Quantas vezes,  neles, olho para trás  e não vejo,
quem tanto ensejo
Quantas vezes falo sozinha ansiando teus carinhos,
não me ouves, mas sentes,
E quantas vezes, a telepatia, nos conduz ao desejo.
.
E das poucas vezes que nos olhamos serenamente, 
meus lábios imaginaram os teus
Os teus braços entrelaçaram nos meus... e seguimos,
pelo caminho mais longo
Olhámos o mar tão sereno e no imaginário silêncio,
nos beijamos
A brisa nos acarinhava o rosto, porque nos atraímos. 
.
Mas neste caminho por onde passeio com glamour,
tu me acompanhas
E naquelas  tardes frias depois  do sol desaparecer,
nos escutamos
Ficam tantas palavras ditas, outras tantas por dizer,
mas nas manhãs
Olho o caminho tão longo, e apenas lembranças d'amor.
_

Autora: Larissa Santos

68 comentários:

  1. Um belo e poético texto, que li com muito gosto.
    Um abraço e bom fim d semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Elivira Carvalho. Muito obrigada pelo carinho

      Abraço
      Bom fim de semana

      Eliminar
  2. Numa linha esbatida entre a bênção e a maldição...

    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Eros. Obrigada pela carinhosa visita

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  3. Bom dia

    Brisa, mar, praia, recordações, sentimentos revoltos
    São passado entranhado, pensamentos desunidos, soltos

    Bonitos poema onde se vive a recordação e a angustia do passado

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Gil António. Obrigada querido :)

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Boa tarde, Francisco Manuel Carrajola Oliveira,. obrigada pela visita carinhosa.

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Boa tarde Luiza Maciel Nogueira. Seja bem vida. Obrigada pela visita.

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Boa tarde Marta Moura. Obrigada pela visita. Volte sempre:)

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  7. Por momentos senti-me em cada palavra escrita neste poema. Lindo de ++

    Bjus querida, adorei o blogue. Voltarei mais vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Ana. Bem vinda. Obrigada pelo carinho. Volta sempre

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Obrigada Ana Sá, boa tarde.

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  9. Que bonito! Apeteceu-me vaguear através das tuas palavras, dentro da imagem. Amei

    Beijo e um bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Cidália Ferreira. Obrigada pela sua visita carinhosa. :)

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  10. Que brincadeira bendita
    Que fazes, Larissa Santos!
    Há beleza aos quatro cantos
    Com poesia bem escrita!

    Parabéns! No espaço habita
    As nuances e os encantos
    Que levam a risos ou prantos
    Por emoção! Não é fita,

    É fato, o que vejo e sinto!
    Gostei demais do recinto
    E voltarei noutro dia

    Para enxergar novos traços
    E buscar nos teus espaços
    À minh'alma, a poesia.

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras.... Deixou-me sem palavras perante as suas, que me emocionaram.. Muito obrigada. Volte sempre.

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  11. Gostando bastante de poesia, falta-me o jeito poético! Mas vou passando sempre que tiver oportunidade!
    Deixo o meu abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde. António Querido. Obrigada pelas palavras carinhosas. Volte sempre

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  12. Mais uma perola bem ao jeito da Larissa.
    Adorei

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Bernardo, boa tarde. Obrigada pelas palavras :)

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Boa tarde, Inês. Obrigada pelo carinho

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  14. Versos poéticos que me deliciaram. O amor quando sentido e declamado gera poemas de sonho
    Feliz dia de Sábado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Neuzinha. Bem vinda ao nosso blogue e obrigada pelas palavras deixadas. ;-)

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  15. Olá, Larissa, que lindo! Poema terno, meigo, romântico.
    Tantos são os caminhos que se atravessam nas nossas vidas...tantos sonhos, tantas decepções, tantos dissabores. Mas também há caminhos bem significativos que marcam mais.
    Beijo, um feliz fim de semana.
    (Já sou sua seguidora no painel)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Tais Luso. Agradeço-lhe de coração o carinho que aqui nos deixa, em palavras de sábias e doces. Obrigada volte sempre.

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  16. Oi Larissa, td bem?
    Adorei o seu poema, vc escreve lindamente. Quero agradecer ao Gil António pela visita e o seu carinhoso comentário. Eu tbm virei seguidor do blog e o coloquei entre os meus blogs favoritos.
    Desejo a vcs um ótimo final de semana.
    Abs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Alécio Souza. Muito obrigada pelas suas carinhosas palavras. Volte sempre, ficamos felizes.

      Bjos
      Bom fim de semana.

      Eliminar
  17. Larissa, eis um lindo poema, repleto de sensibilidade. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Dilmar Gomes, Obrigada pela carinhosa visita. Volte sempre

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  18. Gostei do poema Larissa
    Simplesmente maravilhoso
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, amiga Dorli, obrigada pelo seu carinho.
      Volte sempre

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  19. Perdoe-me, oh amigo Gil!
    Se só falei de Larissa,
    Não foi má fé, nem preguiça,
    Não vi teu nome sutil

    Acima, nem no perfil.
    Assim passei à premissa
    Ser da poetisa em liça
    Com palavras, à gentil

    Poesia de encantar
    Pela ternura sem par
    Que tão bem produz ou cria.

    Hoje volto a este lugar
    Para, pois, me desculpar
    Com versos sem poesia.

    Por tua foto do perfil, vejo que és chegado ao mar. "Quem é do mar não enjoa"
    e sei que levarás "às boas" a minha falta. Perdão! Igual a ti, sou chegado ao mar, morando numa ilha. Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Silo Lirico

      As palavras são como o vento
      Passam e se calhar ninguém lê
      Uns, não reparam no momento
      Outros, porque nem sequere as vê
      .
      Mas a verdade sincera
      É que eu leio e ligo
      E dentro da blogosfera
      Contarei sempre consigo
      .
      Para nosso blogue visitar
      E deixar sua prestação
      Ao seu não irei faltar
      De o ler e comentar
      Para minha satisfação
      .
      Sim, sou ligado ao mar
      Amo-o de coração
      Junto a ele gosto de passear
      Nadar nas ondas, até pescar
      Os peixinhos que lá estão
      ......................

      Volte sempre.
      Grande abraço

      Eliminar
    2. Este meu amigo Gil é sempre uma surpresa. Orgulho-me de te ter na minha vida. :)


      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
    3. SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras.
      Um aplauso ao seu poetar, deixou-me sem palavras :) Volte sempre com esse espirito :)

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  20. Querida Larissa, mais uma linda poesia! Quando você poetiza dizendo: " Quantas vezes vagueio pelos insanos caminhos,
    quando espero e desespero
    Quantas vezes, neles, olho para trás e não vejo,
    quem tanto ansejo..." verdade amiga, quantas vezes a vida é dura, nos faz sofre então ficamos assim, desnorteadas, vagando dentro de nós mesmas. Amei! Parabéns! Abraços, tenha um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, Profª Lourdes Duarte, Obrigada pelas suas palavras de carinho aqui deixadas. Volte sempre.

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  21. Vagueio também...
    e fico feliz quando sou acompanhada com a pessoa especial em meu andar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite; * yllenah *, bem vinda ao nosso cantinho. Obrigada pela visita

      Bjos
      Bom fim de semana.

      Eliminar
  22. E assim, vagando e divagando por caminhos insanos, nos presenteias com mais um belíssimo texto, Larissa, dos sonhos mil...!!! :)

    Beijinhos, bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, Janita :) Muito obrigada pelo carinho com que nos visita e comenta: :)

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  23. Ai o amor...sempre a inspirar, a transmitir sensibilidade e paixão através da escrita!
    Parabéns, Larissa.

    Obrigada pelas palavras e motivação.
    Beijinhos e bom fim de semana.
    P.s. Também ficarei por aqui ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite A Tal Rapariga, Seja bem vinda. Muito obrigada pelas suas palavras de carinho. Volte sempre

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar
  24. Linda demais sua poesia,amiga Larissa.Tanto amor e sensualidade.

    Saudades só tem quem ama e como é bom quando se reencontra o ser amado!

    Amei a imagem e essa música é maravilhosa!


    Beijos sabor carinho e uma noite de sábado de paz

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Donetzka, Muito obrigada pelo carinho perfumado que aqui me deixa sempre. Deixa-me feliz.
      Volte sempre

      Bjos
      Bom Sábado

      Eliminar
  25. Como sempre deixas nos a sonhar com s tuas palavras bjokas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Simpatia, Paula Silva. Sempre presente com palavras sinceras e meigas ;)Obrigada

      Bjos
      Bom Sábado

      Eliminar
  26. Olá, Larissa!

    Vim ler, por curiosidade, o seu post e deparo-me com um senhor poema.

    Três estrofes de sete versos cada, com uma disposição estética de invejar e pouca rima. Qto mais se escreve, melhor se escreve, e é bem verdade.

    Um poema de amor, muito rico, semanticamente, onde o leitor observa a deambulação dos seus sentidos, na procura e encontro com o amado. Parabéns!

    Não necessita vir ao meu blogue, pois o poema é o mesmo, pobrezinho, velho, gasto e já mto explorado. Talvez para a semana, mude de "roupagem".

    Beijinho e bom week-end.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, CÉU. Essas palavras vindas de si, deixam-me extremamente feliz, acredite. Agradeço-lhe de coração, a visita e as palavras sinceras de carinho.

      Bjos
      Bom Sábado de Sº Martinho

      Eliminar
    2. Olá, Larissa!

      A "minina" levanta-se bué cedo (rs). Eu levantei-me ao meio-dia, afinal é fim de semana, e al´
      em disso estive a escrever até às tantas, tentando adiantar o meu poema.

      Só disse, exatamente, a verdade. É possível que eu, e devido à minha formação académica, que é em Português e História (cursos separados, logicamente)deva ter mais alguns conhecimentos, neste campo, que a Larissa, mas sou insuficiente muitas vezes.

      Acredite que a Poesia tem as seus regras, que alguns podem não cumprir, como alguns condutores a propósito do código da estrada, mas as regras existem em tudo na vida. Podemos extrapolá-las, modifica-las e alterá-las, a nosso bel(o) prazer, mas há regras gerais. A poesia é um ou vários estados de alma, mas tudo depende de quem escreve e como escreve. O nosso amigo Gil, que leia estas palavras, que só o ajudarão (os homens são, em geral, "teimoso", eu sei, nós sabemos), mas eles têm de entender que nós vemos tudo antes deles, somos todas, umas mais outras menos, visionárias.

      Como já sabe, eu escrevo muito, mesmo em respostas, pke não sei ser sintética, sucinta, but it's the life!

      Kisses, a good week-end e excelente S. Martinho, que não celebro, embora o contexto histórico desta personagem seja deveras interessante.

      Eliminar
    3. Boa tarde CÉU Mais uma vez agradeço a sua carinhosa visita, bem como, as palavras de incentivo. Para mim, muitas vezes é estado de alma (a poesia) Sou uma apaixonada ;-)


      I wish you a lovely weekend kisses :)

      Eliminar
  27. Que bonito poema obrigada pelo comentário já sigo o blog
    http://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Magda Carvalho. Bem vinda ao nosso/vosso espaço Obrigada pelo carinho.

      Bjos
      Bom Sábado

      Eliminar
  28. Oi Larissa!
    Tão lindo! Um encontro que vai da telepatia a saudade, tornado real.
    Abrçs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Zilani Célia, Muito obrigada pelas suas palavras carinhosas. Seja bem vinda.

      Bjos
      Bom Sábado

      Eliminar
  29. O Amor conduz-nos a sonhos e realizações que queremos, desejamos, sentimos...
    Poema magnífico e belo no seu sentido interior.
    Parabéns.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Acordar Sonhando . SOL da Esteva, seja bem vindo. Obrigada pelas suas palavras carinhosas

      Bjos
      Bom Sábado

      Eliminar
  30. Um poema de amor bem escrito.
    Bom final de semana
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, © Piedade Araújo Sol. Bem vinda. Obrigada pelo carinho. Volte sempre

      Bjos
      Bom Sábado

      Eliminar
  31. Ah,essas lembranças que ficam guardadas para sempre!
    Lindo poetar Larissa.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Carmen Lúcia...Obrigada pelo seu carinho, sempre.

      Bjos
      Bom Sábado

      Eliminar
  32. Encanto e romantismo no seu melhor!...
    Adorei seu poema, Larrissa!
    Beijinho! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, Ana Freire.
      Obrigada pelo carinho

      Bjos
      Bom fim de semana

      Eliminar