quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Suporta o coração a ilusão, o ódio, o desamor


Suporta o coração a ilusão, o ódio, o desamor
Viaja através do desejo, supérfluo sentimento
Entrega-se nas promessas de declarado amor
Aguenta as agruras e lágrimas do sofrimento
.
Prosas em que somos virgulas e pontos finais
Emissários de sedução em libidinoso lamento
Lábios que se trançam em trejeitos corporais
Onde um sorriso é dor sentida do pensamento
.
Infinita melancolia inunda a mente destroçada
Quando um amor chega forte e parte por nada
Olvidando que em tempo alguém lhe deu vida
.
Intensa felicidade que de uma promessa nasce
Que no engano se desfaz e que jamais renasce
Ontem franco amor,  hoje saudade entristecida
.
Autor: gil antónio 
.

74 comentários:

  1. Os amores são como nós. Uns nascem para uma longa vida, outros morrem de tenra idade.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Elvira Carvalho.

      Nem mais. Totalmente de acordo
      Retribuo o abraço com muita amizade.

      Eliminar
  2. O coração suporta de tudo um pouco, mas prefere sempre o amor! abraços, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Chica

      Uma grande verdade. O Amor é e será sempre o grande suporte de qualquer coração

      Abraço

      Eliminar
  3. Há amores que ficam e outros que se vão, esses, os que vão é porque não são verdadeiros...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isa Sá

      Existem verdades indesmentíveis. O que deixou expresso no seu comentário, é uma dessas verdades

      Permita-me: Um abraço

      Eliminar
  4. Por vezes o amor tem dessas coisas mas um amor curasse com outro ainda maior. Bjokas Gil

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Paula Silva

      Nem sempre é possível cura-se um coração quando esse entra em desilusão. Mas, concordo contigo, que é sempre melhor esquecer e arranjar outro amor, que viver no sofrimento da saudade

      beijinhos carinhosos

      Eliminar
  5. Bom dia meu querido Gil. Escasseiam-me as palavras para te elogiar. Adorei demais. Parabéns.

    Bjos
    Boa Quarta-Feira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Larissa Santos
      .
      Como é lindo o amanhecer
      E aqui te vendo então
      És uma DIVA feita mulher
      Que encanta meu coração
      .................
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Felizmente que o coração tem uma grande capacidade de resistência.
    Uma bela poesia.
    Uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia caro Francisco Manuel Carrajola Oliveira

      Fala com sapiência. Uma grande verdade.

      Abraço

      Eliminar
  7. Poema lindíssimo que me extasiou a alma e o coração, ao ler.
    .
    Bendito sejais coração
    Que com tanta resistência
    Amas dentro da ilusão
    E vences a desilusão
    Com incrível sapiência
    .
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia amigo Nuno Filipe

      Essa veia poética sempre a brilhar

      Grande abraço

      Eliminar
  8. Fiquei encantada e de coração cheio com tão bela poesia. Amei.
    Estão de Parabéns com o blogue.

    Beijos e um dia feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia amiga e grande poetisa Cidália Ferreira

      As tuas palavras tão carinhosas são água fresca que refresca o meu coração
      Grato pela visita e comentário

      Eliminar
  9. Retive esta passagem do seu poema «Infinita melancolia inunda a mente destroçada
    Quando um amor chega forte e parte por nada»...bonito e verdadeiro.

    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande abraço caro Ricardo Menezes

      Grato pela visita e palavras amigas

      Saudações gloriosas

      Eliminar
  10. O coração tantas vezes maltratado!!!
    Lindo de se ler...bj

    ResponderEliminar
  11. Os bons Poetas aplaudem-se de pé!

    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Suporta o coração a ilusão, o ódio, o desamor é difícil continuar amando. Até porque o coração não aguenta desamor por muito tempo. mais uma linda poesia amiga, parabéns!
    Abraços, com desejos de um bom dia!

    ResponderEliminar
  13. O amor engana-se, engana-nos... Depois... fica um vazio, mas tudo pode mudar... Mas nunca se esquece aquele amor...que ficou para trás...
    Até já
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta Vinhais

      Concordo.Se calhar esse é um problema
      Beijo

      Eliminar
  14. Belíssima poesia,Gil.

    Há amores para durarem,outros que só passam,mas sempre deixam marcas.

    O coração suporta tudo,mas o desamor de quem amamos ´´e triste,dói,mas passa.

    O tempo cura tudo e recomeçar é preciso.

    Um novo amor sempre surgirá e,se for o certo para você,durará até o final da vida.


    Um feriado de bênçãos para você

    Obrigada pela visita e volte sempre.

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga, Donetzka Cercck L. Alvarez

      Sim. Dizem que o tempo tudo cura. Mas um coração por vezes é irracional e não se deixa curar. Existe até quem procure refúgio emocional e sentimental noutro amor. E será que, o amor anterior, quando sincero e profundo, alguma vez sai desse coração?

      Beijos com sabor a amizade
      .

      Eliminar
  15. Não sei não, mas há corações que suportam tudo até o que achamos impossível.
    Lindo poema, adorei.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cantinho da Gaiata

      E não é que é mesmo?. lool

      Grato pela visita e carinho deixados

      Bjo

      Eliminar
  16. coração e suas dores
    memórias que ficam
    um soneto bem conseguido, embora um pouco nostálgico
    abraço!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá © Piedade Araújo Sol

      Por vezes a nostalgia faz parte do estado de espírito de qualquer um de nós. Dos que não escrevem e dos que escrevem. Se calhar hoje calhou-me a mim, que escrevi

      Grato pela visita e comentário

      Abraço

      Eliminar
  17. A elasticidade do coração é infinita, graças ao criador.
    Bela tradução .
    Abraços, Gil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá SOLIDARIEDADE

      Concordo na íntegra.

      Retribuo o abraço com muita amizade.

      Eliminar
  18. Mais um poema extremamente bem construído, que é um verdadeiro prazer apreciar!
    Só o verdadeiro amor começa, para nunca mais acabar... os que acabam... vão confirmando, que o verdadeiro amor, ainda estará por encontrar...
    Abraço! Feliz semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana Freire

      Uma grande verdade. Se o amor for verdadeiro resiste a todas as provações. Quando é assim assim, qualquer "vento" mais forte o faz abanar

      Retribuo o abraço e os votos de feliz semana

      Eliminar
  19. Bonito, lindo... A saudade acarreta tristeza, quase sempre ... Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pink Poison P

      Sem dúvida. A saudade é igual à tristeza. São palavras diferentes, mas irmãs no conteúdo

      Bjo

      Eliminar
  20. gil e o meu link na fila da direita? rsrsrs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde amiga Pink Poison P

      O meu pedido de desculpa. Não reparei que ainda não estava na lista. Espero ser desculpado, embora me condene pelo lapso. Mas as pessoas de bom coração desculpam-se umas às outras, não é verdade?

      Cumprimentos blogueiros
      .

      Eliminar
    2. Oh Gil isso na verdade é o que menos importa, considero apenas uma cortesia... Com 100 chibatadas resolvemos o perdão ... :P

      Eliminar
    3. Ahahahaahahaahahahaahahahaahahaha

      Essa resposta é elucidativa de um refinado e belo sentido de humor. Gostei sinceramente

      Só não percebi quem dá as chibatadas e quem as recebe. É que por vezes aqueles que são culpados, revoltam-se, lool
      E já agora: Que género de chibatadas, loool

      Cumprimentos de amizade
      .

      Eliminar
    4. Das românticas claro a condizer com este blog e venenosas, com umas nuances do meu ...

      Eliminar
  21. Bonito soneto! Gostei muito de ler.

    Gorro de aviador eu faço... apenas para verdadeiros pilotos acabadinhos de nascer!!!ahahah
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Teresinha

      Visitou com um especial e particular sentido de humor que muito me agradou. Tem a minha admiração e elogio pelos gorrinhos lindo que saem das suas habilidosas mãos

      Retribuo o abraço

      Eliminar
  22. O coração aguenta tudo, pode doer, mas ele aguenta e acaba por superar. :) Belo poema. Bom final de dia.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Inês

      Por vezes com enorme sofrimento. Mas o coração tem razões que a própria razão desconhece

      Receba os meus cordiais cumprimentos
      .

      Eliminar
  23. Quando há amor mútuo o coração suporta tudo,fica dilacerado se a separação acontecer.
    Lindo soneto Gil.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga, Carmen Lúcia.Prazer de Escrever

      Uma verdade mas por vezes sofre tanto que acaba por sucumbir a esse sofrimento na questão da separação. É que ainda existe quem morra por amor.

      Grato pelas palavras de carinho

      Eliminar
  24. Lindo Soneto, Gil António!

    Retrata o sentimento de um coração que sofre por amor e tudo suporta.
    Afinal, quem nunca sentiu paixão, desilusão e dor, nunca saberá o que é sofrer por amor.

    Lindo, como sempre.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Janita

      Palavras sábias com que me presenteou e com as quais, como não podia deixar de ser, concordo totalmente

      Grato pelas palavras amigas e tão simpáticas que dirige ao meu poema.

      Receba um cordial e amigo abraço

      Eliminar
  25. Gil,encontro aí um subtil aroma renascentista que me encanta.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, O meu pensamento viaja

      Poderá ser mas na essência não é mais que brincar com o entrelaçar das palavras
      Grato pela visita e comentário

      Beijinhos

      Eliminar
  26. Ai o amor e o desamor... Muito bonito!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Graça Sampaio

      Vivemos e viveremos sempre nesse desencontro, não é verdade?
      Agradecido pela simpática visita e comentário

      Beijinho

      Eliminar
  27. Poemas com tanto amor. E na verdade o amor é o que interessa.

    Beijinho ||  Daniela Silva | Blog

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Daniela Silva

      Pode-se viver sem amor? Claro que pode. Mas não nem nunca será a mesma coisa.

      Beijinho

      Eliminar
  28. lindo brincar com as palavras. Um doce poema. Parabéns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Nal Pontes

      Agradecido pela simpatia

      Volte sempre
      Abraço

      Eliminar
  29. Amigo Gil, não lhe vou mentir, pois foi precisamente no seu blog que encontrei esta música que me fascina. Amei demais o seu soneto. O desamor tão comum entre os mortais. Boa semana meu amigo e beijos com carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, rosa-branca

      No seu blogue não critiquei a publicação da música, antes pelo contrário, achei muito engraçado.

      Grato pelo comentário e simpática presença
      Volte sempre


      Retribuo com muita amizade os votos de uma boa semana e os beijinhos com carinho

      Eliminar
  30. que bonito poema
    http://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Magda Carvalho

      Deixou a simpatia das suas palavras que muito agradeço
      Volte sempre
      Abraço

      Eliminar
  31. O nosso coração é mesmo muito forte.
    Suporta o insuportável e segue em frente.
    Gostei do poema, é lindo.

    Beijinhos, Diana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Diana Fonseca

      Grato pela presença e comentário tão subtil, doce, repleto de simpatia
      Volte sempre
      Beijinho do amigo Gil

      Eliminar
  32. Respostas
    1. Bom dia caro amigo, Pedro Coimbra

      Se calhar o coração está sempre exposto, não é verdade? Não só no amor como em tudo na vida

      Abraço

      Eliminar
  33. Formidável poema expressando todo amor que plenifica o coração.
    Beijos e um ótimo dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Lucia Silva

      Palavras de intenso carinho que tanto gostei.
      Volte sempre

      Retribuo os beijinhos e os votos de um óptimo dia.

      Eliminar
  34. Um soneto lindo. Muito bela a sua poesia.
    Beijinhos e um óptimo dia.
    Ailime

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Ailime

      Grato peça visita e tão sedutor comentário

      Beijinhos

      Eliminar