sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Manhã, nascer do sol, solfeja a cigarra no arvoredo


Manhã, nascer do sol, solfeja a cigarra no arvoredo
Acordes musicais bem afinados, a natureza, exulta
Orquestra afinada por harmonias do despertar cedo
Cantares que animam o tronco onde ela se esconde
.
Céu azul, luz de vida, fulgor ilumina o horizonte
Ecoam no vento as melodias que o ramo encobre
Pôr-do-sol, cigarra que canta para além do monte
Doce timbre de um musical que vai morrer pobre
.
Expectantes, pousados nos galhos, aves cantam
Em afilada sinfonia com as cigarras, em violino
Airosas flores nos campos, exibindo fina beleza
.
Simetrias de enigma, melodias que nos encantam
Em que os sons são odes de sentimento e carinho
Com é consonante, suave, e misteriosa a natureza
.
Autor: gil antónio
.

46 comentários:

  1. Bom dia, Gil!
    Parabéns pelo teu soneto. Excelente ode à natureza!! Amei

    Beijo. Bom feriado

    ResponderEliminar
  2. Lindo, lindo, lindo!
    Bom dia amigo. Um feriado feliz.

    Beijo m...

    ResponderEliminar
  3. Muito linda a poesia! Ótimo fim de semana! abraços, chica

    ResponderEliminar
  4. Sempre com tão bonitas palavras!
    Bom feriado.

    abriga-tecomigo.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. A Natureza e seus encantos poetizados em seus versos demonstram simplicidade e beleza!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Gil,obrigada pelas palavras, sua poesia também é maravilhosa, adorei!
    Bom fim de semana, bjssss

    ResponderEliminar
  7. A cigarra é uma pequena grande cantora
    Só no verão com o sol a brilhar
    Aprecio mais a formiga trabalhadora
    Porque sem ver consegue trabalhar

    De quando em vez consigo rimar
    Mesmo sem jeito para tal
    No barco da Net a navegar
    Desejo a todos um bom Natal.

    Abraços e beijos.

    ResponderEliminar
  8. A natureza em festa, em todo o seu esplendor.
    Bj

    ResponderEliminar
  9. A força da natureza num poema absolutamente fantástico.
    beijos Gil

    ResponderEliminar
  10. Um som que me é familiar aqui na aldeia!
    Um poema onde a natureza está no seu apogeu!
    Bom fim de semana!!!

    ResponderEliminar
  11. Lindo blog amigo, e lindas poesia, sou teu seguidor, abraços

    ResponderEliminar
  12. A natureza sempre nos encanta e esse amanhecer com o solfejo da cigarra,realmente levá-nos a um mundo repleto de encantamento e poesia.
    Adorei Gil.
    Bjs e obrigada pela visita e comentário.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  13. A imagem tem um bonito colorido.
    Será que tem um ninho, alí?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Liliane de Paula

      Será que tem? Se calhar tem mesmo. Basta que a nossa imaginação o queira ver, não é verdade?

      Abraço

      Eliminar
  14. Uma inspiração linda e adorei o mistério que vê na natureza.
    Também sinto assim! que lindeza essa foto e o poema _tudo a ver!
    Amei demais!
    deixo abraço

    ResponderEliminar
  15. É sempre maravilhoso ver e escrever sobre a natureza! Uma bela homenagem!
    Tenha um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  16. Olá, Gil
    Sou admiradora incondicional da Natureza.
    Considero que há muito mais beleza em ouvir uma cigarra cantar do que apreciar uma mesa cheia de boas comidas... :)
    Gostei muito deste poema enaltecendo a Natureza.
    Em tempos publiquei um poema (meu) que começa assim:

    "Quando nada mais restar desse sonho lindo
    E duas lágrimas rolarem no teu rosto
    Esquece o que passou, não lembres o desgosto,
    Observa a Natureza, em festa se abrindo".

    Muito obrigada pelas suas generosas palavras na minha "CASA".

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS


    ResponderEliminar
  17. A natureza e magica e sente se nas tuas palavras. Bjokas Gil

    ResponderEliminar
  18. Um delírio de poema realçando os cânticos das cigarras, Lindo demais.
    Bjo

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde, Querido Gil. Nem sei que te diga. Um verdadeiro hino à Natureza. Lindo demais. Adoro-te meu Poeta lindo ;-)

    Bjos
    Noite Feliz.

    ResponderEliminar
  20. Oi Gil, bt!
    Mais um lindo poema que vc nos presenteia e mais um parabéns com louvor que eu deixo p/vc!
    Bjss amigo e obrigada pelo carinho lá no blog

    ResponderEliminar
  21. Boa tardinha Antonio, ah! que beleza este teu soneto, o canto da cigarra é mesmo louvável, é o pequeno bichinho de voz tão afinada cantando para a natureza ouvir!
    Grata pelos votos de Feliz Ano Novo, e aqui agradeço e só posso dizr: RECÍPROCAS poeta!

    Saudações natalinas!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  22. Um canto à natureza.
    Um abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  23. Belíssimo poema. Um canto á natureza que é bela.
    Um excelente fim de semana

    ResponderEliminar
  24. Oi Gil,
    Belíssimo texto em homenagem
    a exuberante, diversificada e harmoniosa
    natureza...
    Beijos!

    ResponderEliminar
  25. Oi Gil,
    Belo poema( animais beijando a natureza ).
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  26. Mt bonito e a cigarras no verao cantam e mt adorei bjs e obrigada pela sua vesita

    ResponderEliminar
  27. bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  28. Um bonito poema que nos mostra a primavera nestes dias de inverno. :) Bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  29. Que lindo poema! Cigarras, natureza! Tudo lindo demais! Parabéns! grata pela visita! Abraços

    ResponderEliminar
  30. Gostei da imagem e do poema.
    um abraço
    Gábi

    ResponderEliminar
  31. Lindo teu escrito, sou apaixonada por cigarras ao contrário de muitas pessoas q ficam irritada com seu canto!!! Parabéns pelo belo espaço aqui...me senti em casa!!!

    ResponderEliminar
  32. Olá, passei para lhe agradecer o seu comentário=)
    Muito obrigado!
    Fiquei encantada com seus poemas; comecei a segui-lo, espero que não me leve a mal! Tenha um óptimo final semana!!!

    ResponderEliminar
  33. Passei rápido pelo seu blog e o que vi, gostei.Rima fácil, coerente, muita sensibilidade. Obrigada pela sua visita ao meu blog.meu abraço e junto, meu desejo de um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  34. Uma bucólica, poética cinzelada tradução de natureza.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  35. Sublime delicadeza na elaboração desse poema!
    Bom fim de semana.
    Abraço
    OLHAR D'OURO - PHOTOGRAPHY

    ResponderEliminar
  36. Soneto lindo com "cheiro" a Verão quente. Retrato da Natureza esplendorosa.
    Parabéns.

    Abraço
    SOL

    ResponderEliminar
  37. Um soneto a enaltecer o canto da cigarra e uma homenagem à natureza.
    Muito bem construído!
    Bom final de semana.
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  38. Olá boa noite!
    Desculpe só agora vir com o convite do Poetizando e Encantado.
    Hoje foi a formatura do ABC de uma das minhas netinhas , por este motivo estou aqui para lhe convidar e dizer que já postei a 13ª edição e com uma imagem muito sugestiva. Será um prazer ter mais uma vez sua maravilhosa participação. Obrigada, pois seu poetiza e as lindas postagens só engrandecem a brincadeira.
    Abraços, tenha uma linda noite!

    ResponderEliminar