quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Meu olhar emudecido...

Foto de Cidália Ferreira.

Saberás tu a tristeza que corre em minhas mãos
Como areias que deixo escapar em meus dedos
Olhando fixa, deixando de lado os meus medos
Quando a tristeza trespassa por pequenos grãos
.
Deixei a noite chegar isolei-me na imaginação
De um mar revolto, que invadiu a minha alma
Olho as minhas mãos que carregam sem calma
O que o meu olhar lembra, entristece o coração
.
Até as nuvens se escondem do sol, e chorando
Pela partida das águas em bailado entristecido
Até o meu olhar que por momentos emudecido
Olha as areias chorando, porque te está amando
.
Saberás tu, o quanto o meu coração em tristeza
Deixa escapar as lágrimas entre dedos trémulos
Por amar loucamente sinto a falta dos estímulos
Apenas as palavras ferem, e fogem, com rudeza. 

--

Autora: Larissa Santos.

26 comentários:

  1. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Bom dia. Sim, não sei. Mas acredita que vou saber. Que bonita mensagem de amor.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Votos de um bom dia, apartado da tristeza.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  4. Magnífico poema, parabéns.
    Continuação de boa semana, amiga Larissa.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  5. Ui! O amor não correspondido fere sempre com a ausência das palavras! Mas foi mais uma vez lindo, gostei de ler.

    O meu abraço.

    ResponderEliminar
  6. beautiful post
    I follow you, hope you will follow me back
    kisses

    Blog: MagdalenaŠ.

    ResponderEliminar
  7. Cheio de dor... o poema...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  8. Um poema que para além de tristinho, é muito belo!! Amei.

    Beijo e um excelente dia.

    ResponderEliminar
  9. Cada vez me fica mais difícil comentar os vossos poemas, cada um mais belo que o outro...olha, leio e emudeço!!!

    Um beijinho, tudo de bom.

    ResponderEliminar
  10. Olá amiga Larissa Santos

    Ressalvo
    .
    Saberás tu, o quanto o meu coração em tristeza
    Deixa escapar as lágrimas entre dedos trémulos
    Por amar loucamente sinto a falta dos estímulos
    Apenas as palavras ferem, e fogem, com rudeza.

    ...
    Mais palavras para quê? Lindíssimo.
    Bjo

    ResponderEliminar
  11. A minha amiga e Poetisa, Larissa Santos, está de parabéns. Lindo!

    Beijo

    ResponderEliminar
  12. Espetacular seu poema, uma inspiração lírica plena de poesia!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  13. Um olhar verdadeiro e sem floreados.

    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Tristemente belo!

    Beijinhos m... :)))

    ResponderEliminar
  15. Que lindo poema, querida Larissa, parabéns pela ótima inspiração.
    Um feliz fim de semana que está chegando.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  16. " As palavras ferem " e como ferem, Larissa !!! Depois fogem e deixam as feridas abertas e às vezes mem um amor verdadeiro, com palavras mais doces, mais carinhosas consegue cicatrizå-las. A " noite chega ," com ela o silêncio e o momento ideal para reflexão, mas... o sono não vem...o corações chora e as lágrimas não se aguentam presas no nosso olhar " emudecido "e fixo nas paredes escuras do quarto; soltam-se e caem rosto abaixo, mas... deixemo-las correr livremente; secarão e amanhã, se a vida assim o permitir, um novo dia chegará e um novo começo será feito. Quem sabe, o sol não brilhará? Beijinho e desejo-te um bom fim de semana. Gostei muito! Parabéns!
    Emilia

    ResponderEliminar
  17. Partilhado
    Kique
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  18. Um bonio poema Larissa. Gostei.
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  19. Um poema fantástico!

    r: Sim, vale a pena :)

    ResponderEliminar
  20. Oi Larissa,
    O poema embora triste, possui lirismo
    e beleza...Mais uma doce inspiração!
    Beijos ;)

    ResponderEliminar
  21. Belo poema Larissa, e assim mesmo o amor as vezes pura alegria outras nos enchendo de dúvidas e tristeza!!!

    ResponderEliminar
  22. OBRIGADA AO CARINHO QUE AQUI DEPOSITARAM ATRAVÉS DAS PALAVRA E DO CARINHO... BOM FIM DE SEMANA

    Bjos

    ResponderEliminar