quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Térreos e difíceis caminhos ... de amor


Tristes e solitários caminhos que de repente
Se deixam cruzar pelos alicerces desta vida
Sendo que um coração só por estar carente
Não pode deixar a sua génese ser esquecida
.
Traiçoeiros são os passos desse alheamento
Com que caminhas, olhar altivo, aprumado
Ignorando este meu perceptível sentimento
Mostrando teres um coração seco, alienado
.
Irracionais serão os límpidos pensamentos
Que unem um coração, a um desleal olhar
Traidores são todos esses duros momentos
Em que meu coração sofre por tanto amar
.
autor: gil antónio
.

30 comentários:

  1. O amor nao correspondido. Amar por dois. Bjokas e bem vindo de volta meu kerido. Bjokas

    ResponderEliminar
  2. Lindo lindo amigo Gil, espero que esteja melhor para ir ao "Figueira Minha", o meu post de hoje coincide com o seu poema! As melhoras.
    Com o meu abraço.

    ResponderEliminar
  3. São realmente caminhos difíceis, gostei bastante deste poema.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  4. Bom dia!
    Excelente poema. De um sentimento muito profundo. AMEI.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Gíl,
    Amar sempre vale a pena.
    Pois mesmo se correspondido ou não
    nos presenteia com belas poesias!
    E todo sentimento que vira poesia
    já literatura e ja está eternizada.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  6. Gil.... parabéns !!!
    Consegues montar um poema com uma foto sugestiva....
    É assim a vida.... coloca-nos situações que precisamos tomar decisões....e sentir as dificuldades que ela nos impõe!
    O poema é lindo....

    ResponderEliminar
  7. Gil ... espero que esteja bem melhor!!!
    Trilhar os caminhos do AMOR nem sempre é fácil e uma alma sofredora pode através da poesia ... como esta ... transmitir esse sentimento!!! Gostei de ler!
    ...
    Termino aqui o nosso passeio pelo LUSO:
    https://crocheteandomomentos.blogspot.pt/2018/01/villa-missi-no-luso.html

    Ovo estrelado só há um mas … experimentar esta sugestão pode ser bem agradável:
    https://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/2018/01/ovo-estrelado-no-forno.html

    Bj e ... sinta-se bem FELIZ!!!

    ResponderEliminar
  8. Gil
    por vezes assim é o caminho do amor.
    bem escrito embora um pouco nostálgico.
    boa semana.
    abraço
    :)

    ResponderEliminar
  9. Um poema profundo e belo! :)
    Continuação de boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  10. Oi Gil,
    Lindo poema, gostei
    Gostaria mesmo assim que me mandasse um e-mail pelo Formulário do blog.
    Vou lá agora
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  11. Boa noite meu Anjo. Mesmo sem disposição fazes-nos ficar emocionada com o que escreves. Lindo demais. Parabéns.

    Bjos com muitas saudades.

    ResponderEliminar
  12. Que poema mais lindo e profundo... você está de parabéns!
    Beijos

    www.estiilocarol.com

    ResponderEliminar
  13. Olá Gil, boa noite
    Minha nossa que poema tão profundo. Lindo, emocionante, poderoso de sentimentos.Aplaudo-te de pé :) :*

    Um sussurro meu lindo amigo!
    Espero que estejas recuperado.

    ResponderEliminar
  14. Há muito que não passava por aqui, estive fora. Entro e deparo-me com um poema de três estrofes. Li e reli, caiu-me uma lágrima. R mais não digo

    Um beijinho bem carinhoso!

    ResponderEliminar
  15. Um poema triste, como triste é o amor não correspondido.
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Me afoguei na profundeza dos seus pensares, uma dor de amor que rendeu belos versos, Gil!Gostei imenso!

    Abração!

    ResponderEliminar
  17. Amar é maravilhoso, mas sentimos sempre a dor da mágoa quando não há correspondência. E, principalmente, quando nos deixamos atraiçoar por certas ilusões.
    Embora triste, o poema é lindíssimo!

    r: Verdade

    ResponderEliminar
  18. Quando esse amor não é correspondido ficamos corroídos por uma enorme mágoa, mas quem têm o poder e a sorte de sentir o mesmo que a outra pessoa é tão bom amar.
    http://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  19. Ola, Vil!
    O amor tem itinerarios e percursos inusitados...
    Que não soframos tanto com os percalços!
    Seja muito feliz e Abençoado !
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  20. Os caminhos do amor podem ser muitas vezes tortuosos.
    Mas vale sempre a pena percorrê-los.
    Aquele abraço!

    ResponderEliminar
  21. Os caminhos da vida, por vezes, não são nada fáceis...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  22. Às vezes eu me pergunto Gil, se para amar, há que se sofrer, para com as desilusões?
    Um poema de mergulho no mundo das desilusões, nos porões sombrios da vontade de amar não correspondida.
    Bonito trabalho para a poesia, mas que no real é uma faca na carne viva.
    Abraços e desejo que esteja bem amigo.

    ResponderEliminar
  23. Belas palavras poéticas, ainda que sofridas.
    Parabéns, gostei muito do poema.
    Continuação de boa semana, caro Gil.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  24. Tanta profundidade, tanta verdade, tanta beleza expressa num só poema. Parabéns.Adorei.

    ResponderEliminar
  25. Um amor sofrido, mais uma vez, brilhantemente transposto em inspiradas palavras!...
    Mais um trabalho notável, que adorei descobrir!
    Abraço
    Ana

    ResponderEliminar