quinta-feira, 29 de março de 2018

Amor: a Incompreensão dos sentimentos


Nunca ouviste o meu grito de mágoa
Tantas vezes te chamei no meu silêncio
Na minha voz embargada, clamando
Nunca quiseste ser o meu outro lado
*
Quiseste seguir o teu rumo, sozinha
Deixando-me tão só entre marés vivas
E caminhos feitos de curvas e pedras
Entre tropeços e feridas sangrando
*
Não ouviste os meus elogios silenciosos
Nem viste como era a luz do meu olhar
Nem na melancolia ao te ver passar
Caminhando pelos areais de solidão
*
Deixaste-me naufragar nos meus enfados
E pesadelos do meu contínuo deambular
Pela incompreensão dos meus  pecados
Onde o amor, foi chaga em meu coração

* * *
Autor: gil antónio
.

50 comentários:

  1. Triste a incompreensão! Linda a poesia! abraços e desde já FELIZ PÁSCOA! chica

    ResponderEliminar
  2. Lindo de mais, meu querido amigo!!

    Beijinhos m...
    Boa Páscoa :)))

    ResponderEliminar
  3. Bom dia meu Querio, GIl
    Mais uma pérola muito ao teu jeito.Difícil é comentar-te. :)
    .
    Essa mágoa que te sai da garganta
    É o balsamo que nos vai alimentando
    Entre mares e todas as marés
    Entre olhares e palavras silenciadas
    Onde todos os outros sentimentos
    Nos marquem pela sua diferença

    E nessa dor, que eu te sinto ter
    Está o teu nobre e sensível coração
    Que recusa a tal melancolia
    E caminhando pelos areais sozinho
    Vendo como é bela a praia, com Sereias
    Mesmo que essa, seja a tua ilusão.

    PARABÉNS
    Bjos com carinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As mágoas são lágrimas em movimento
      Que se escondem dentro do pensamento
      Calando a saudade de um amor ausente
      Não molham por serem águas impuras
      Nem por serem secas de infiéis ternuras
      Mas sim, por exporem, a dor que se sente
      .
      Nessa dor tão pesarosa e tão envolvente
      Em que as sensações são mágoa presente
      Mesmo que essas sejam sólida ilusão
      Só se caminha nos areais da nostalgia
      Se na alma existir a triste melancolia
      Da ausência do carinho do teu coração
      ......................................
      Um beijinho doce, repleto de ternura, Larissa Santos

      Eliminar
    2. Não queria responder-te em poema
      Mas não me apraz texto em prosa
      Deixaste-me num grande dilema
      De ti,só tenho que me sentir orgulhosa
      .
      Não, não me respondas em poema
      Se não, nunca mais acabamos
      O que não será um problema
      Quando disto nós até gostamos.
      .
      És um exemplo que eu quero seguir
      És o orgulho que meu coração sente
      És a ternura, o carinho e sempre a fluir
      És um exemplo humano para toda a gente

      Muito obrigada por seres quem és... Se podia viver sem ti? Podia! Mas não era a mesma coisa.

      Bjos mil. :))

      Eliminar
    3. A poesia é a voz da alma
      Voz lírica que acalma
      E desfaz qualquer dilema
      Nunca será a contradição
      Mas sim o elo de ligação
      Entre o pulso e a algema
      .
      Será uma ligação perigosa
      Quando uma mente vaidosa
      Decide interrogar o coração
      Perguntando-lhe com carinho
      Se pode entrar no seu destino
      E em vez do pulso, dar-lhe a mão
      .
      São os exemplos partes da magia
      Que às vezes dentro da fantasia
      São o devaneio de alguém
      Mormente se sem falar por mal
      Se é um homem normal
      Não sendo exemplo para ninguém
      ....
      beijinho sedutor

      Eliminar
    4. Pronto...Rendi-me...Deixastes-me sem palavras. Obrigada.

      Áh... retribuo o beijo sedutor. :))

      Eliminar
  4. Bom dia!
    Mais um poema com um brilho exímio!! Amei. Muitos parabéns ao Poeta Gil António.

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Amor não correspondido.... triste. Lindo poema. Bom dia

    ResponderEliminar
  6. Parabéns ao Poeta!
    Bem me dizia a Vandinha...que o Gil é, muito mais, que o que possamos imaginar. Clap...clap...clap.

    Beijocas Poeta.

    ResponderEliminar
  7. Uma, outra e outra infinita vez, aqui respira-se, vive-se Arte e Beleza.

    Parabéns e obrigado

    ResponderEliminar
  8. Eu não trouxe uma caixa de
    bombom, um prato de canjica ou
    muito menos um ovo de páscoa
    para te dar, mas te trouxe um
    abraço sincero e o meu muito
    obrigado.

    silvioafonso


    .

    ResponderEliminar
  9. Na verdade, os sentimentos nem sempre são compreendidos.
    Magnífico poema, parabéns.
    Continuação de boa semana e uma Páscoa muito Feliz
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  10. Mais um poema lindo de viver amigo Gil!
    Como é difícil quando os sentimentos são incompreendidos.
    Uma Feliz Páscoa a você e aos seus familiares.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  11. A alma e seus conflitos... Um poema bonito!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  12. Quem ama, ama. Sem complicações.

    Um poema que me encantou, especialmente porque retrata absolutamente o que vai no meu coraçãozinho.

    Votos de uma Páscoa de alegria e cultura, de saber e paixão.

    ResponderEliminar
  13. O amor e seus mistérios.
    Um pouco nostálgico.
    Continuação de boa semana e uma Páscoa Feliz.
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
  14. Gostei, lembrou-me uma canção de que gosto muito cantada pelo Ney Matogrosso, Viajante - https://www.vagalume.com.br/ney-matogrosso/viajante.html
    Uma Boa Páscoa
    e um abraço
    Gábi

    ResponderEliminar
  15. Um amor silencioso e profundo!
    Que linda poesia!
    Na segunda poesia, realmente amigo, grande verdade.
    As mágoas são lágrimas em movimento
    Que se escondem dentro do pensamento...
    e a Larissa!

    Não queria responder-te em poema
    Mas não me apraz texto em prosa
    Deixaste-me num grande dilema
    De ti,só tenho que me sentir orgulhosa

    Amei o diálogo poético entre dois gigantes de alma poeta.
    Parabéns!
    Feliz Páscoa!

    ResponderEliminar
  16. Gil nem sempre conseguimos mostrar o quanto amor há dentro de nós e tal como hoje a poesia brota inquieta da nossa alma!
    Gostei de ler!
    Uma SANTA PÁSCOA

    ResponderEliminar
  17. Belo poema de amor.
    Nem sempre é mau caminhar pelos "areais da solidão".
    Gil, desejo-lhe uma Santa Páscoa, com alegria e amor.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  18. Vim ler um poema e saiu daqui com cinco .. Absolutamente fantástico! Parabéns aos dois 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pura e doce simpatia
      Volte sempre
      Páscoa feliz.

      Eliminar
  19. O amor tem dessas coisas, um que oferta, outro que nega. Quem sabe pelos areais da solidão, surja uma certeira flecha a fisgar seu magoado coração;
    Amei os versos sentidos e belos!
    Abençoada Páscoa, pra vc e todos os seus!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  20. Na areia continua caminhando,
    com o mar do seu lado esquerdo
    cada vez mais se distanciando
    enquanto você continua aí quedo!

    Tenha uma boa noite caro amigo poeta Gil António.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  21. Hi! lovely blog:D If you want to follow each other blogs please come to my blog and tell me, ill follow you instantly!
    https://leerenlaluna.blogspot.com.es

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tradução


      156/5000
      Oi! blog lindo: D Se você quiser seguir uns aos outros blogs, por favor, venha ao meu blog e diga-me, vou segui-lo imediatamente!
      https://leerenlaluna.blogspot.com.es

      Eliminar
  22. Olá amigo, maravilhoso poema que amei demais. Boa Páscoa e beijos com carinho

    ResponderEliminar
  23. Intenso! E, uma vez mais, com uma belíssima mensagem poética

    r: As Cinquenta Sombras e a Saga de Gabriel acabam por ter muitas diferenças.
    Pessoalmente, também gostei

    ResponderEliminar
  24. Oi Gil
    Adoro suas poesias, elas escorregam no tempo da minha juventude.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  25. Olá, Gil António!

    Há mulheres mto desumanas, de facto. "Pobrezinho" do poeta, que gemendo e chorando neste vale de lágrimas, tanto se lastima pela indiferença da mulher amada, mas, meu amigo, deixe lá, pke sabe que há mais marés que marinheiros e que por morrer, ir embora, uma andorinha, não acaba a primavera. E o k não falta agora são andorinhas por aqui/Portugal (rs).

    Gostei bastante do que escreveu, mas eu nunca fiz um poema em que "ele" demonstrasse não gostar de "mim" ou preferisse ir embora, embora saiba que para quem escreve diariamente num blogue, a temática tenha de ser diversificada.

    De novo, mto obrigada pelas palavras deixadas, hoje, no meu blogue, que retribuo, duplamente.

    Um beijinho com estima e consideração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Céu

      Um grande beijinho e uma Santa e muito feliz Páscoa.
      Tudo de bom em sua vida particular e em todas as suas ocupações domésticas e profissionais.

      Por vezes as lágrimas e o lastimar, não passam de ... imaginação poética, lol

      Eliminar
  26. Olá amigo Gil!
    Adorei mais este magnifico poema, sentido e verdadeiro!
    Lindo Parabéns!
    Beijo Fraterno. Feliz e Abençoada Pascoa.
    Obrigada pelos seus comentarios. Seja Feliz!

    ResponderEliminar
  27. O amor sempre o amor. Sabes que adoro ler te sr.apaixonado.Bjokas Páscoa feliz

    ResponderEliminar
  28. Amiga, amanhã sexta feira Santa, de acordo com minha fé cristã, é celebrada a Paixão de Cristo.
    Neste dia, Sexta-feira Santa, que os antigos chamavam de “Sexta-feira Maior”, quando celebramos a Paixão e Morte de Jesus, o silêncio, o jejum e a oração devem marcar este momento, com muito respeito.
    Mesmo sabendo e acreditando que Ele vive, fazemos nesse dia orações e jejum e o jejum ao meu ver não é só comidas ou carne. Também compete a nós cristão buscar outras formas de Jejum, por isso nas horas vagas buscarei está mais contrita com Deus, com minha família e amigos que me visitam.
    Por este motivo, vim com o convite do Poetizando que postarei amanhã a noite, depois das oito horas quando retornar das cerimônias da igreja.
    Indicarei várias fotos, para que a possibilidade criativa poética de cada um seja direcionada no comando do seu coração.
    Respeito a crença de cada um, mas Deus é único e sem Ele não somos nada! Que Jesus esteja no coração de cada um, transbordando amor, paz e felicidade, nesta Sexta-feira Santa e sempre!

    ResponderEliminar
  29. Amigos Gil e Larissa, amanhã sexta feira Santa, de acordo com minha fé cristã, é celebrada a Paixão de Cristo.
    Neste dia, Sexta-feira Santa, que os antigos chamavam de “Sexta-feira Maior”, quando celebramos a Paixão e Morte de Jesus, o silêncio, o jejum e a oração devem marcar este momento, com muito respeito.
    Mesmo sabendo e acreditando que Ele vive, fazemos nesse dia orações e jejum e o jejum ao meu ver não é só comidas ou carne. Também compete a nós cristão buscar outras formas de Jejum, por isso nas horas vagas buscarei está mais contrita com Deus, com minha família e amigos que me visitam.
    Por este motivo, vim com o convite do Poetizando que postarei amanhã a noite, depois das oito horas quando retornar das cerimônias da igreja.
    Indicarei várias fotos, para que a possibilidade criativa poética de cada um seja direcionada no comando do seu coração.
    Respeito a crença de cada um, mas Deus é único e sem Ele não somos nada! Que Jesus esteja no coração de cada um, transbordando amor, paz e felicidade, nesta Sexta-feira Santa e sempre!

    ResponderEliminar
  30. Pela incompreensão dos meus pecados
    Onde o amor, foi chaga em meu coração

    gostei muito desse final e acompanhei o diálogo poético como quem segue o caminho junto a um rio que corre e houve o murmúrio da água que serpenteia por entre as verdes margens !
    abraço
    Páscoa feliz

    Angela

    ResponderEliminar
  31. La imagen elegida es perfecta para ilustrar este bello poema.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  32. Citando Cecília Meireles:
    "Basta-me um pequeno gesto,
    feito de longe e de leve,
    para que venhas comigo
    e eu para sempre te leve...
    - mas só esse eu não farei."

    Amar é verbo, sentido e ação, no silêncio é como pássaro em gaiola... O ser humano, as vezes, não o faz porque precisa da certeza da reciprocidade e o amor não se cumpre, este é o pecado.

    Não estou analisando o poeta só as palavras. Assim me soaram... Toda palavra muito ensina seja ela alegre ou triste. Obrigada é Feliz Páscoa!

    ResponderEliminar
  33. Viço poético a flor da pele. Muito bom.
    Abraços

    ResponderEliminar
  34. É tão triste e doloroso quando à incompreensão.
    Maravilhoso poema
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  35. Como diz a música do Skank, o caminho só existe quando você passa...E é de direito cada um escolher o seu, embora muitas vezes queiramos muito colocar alguém em nossa trilha.
    Adorei, abraço!

    ResponderEliminar
  36. Gracias por tus comentarios he vuelto a subir poesias despues que ese individuo me amenazo de dinunciarme por robarle los poemas lo que paso es que yo no los tengo registrados ya que es caro y solo dispongo de una misera pension de minusvala .
    El las ha cogido y registrado como suyas.
    Besos

    ResponderEliminar