domingo, 4 de março de 2018

Ilusório Flagelo


Numa desenfreada manhã, a caminhada ilusória
Manhã sem sol, fria, e o meu coração dilacerado
Carente, de um abraço que seja...dado em gloria
Para que teu calor aqueça e permaneça guardado
.
Será mera imaginação, continuar neste caminho
Mesmo que a incerteza seja minha única certeza
Mesmo que tenha de procurar o teu doce carinho
Sem saber se algum dia saio desta minha tristeza
.
O frio dilacera o meu sentimento, que não morre
Nem que a distancia seja um entrave, vou insistir
Em passos lentos... um único pensamento ocorre
.
Ocorre-me na mente um paraíso isolado, tão belo
Durante a longa caminhada jamais eu irei desistir
Porque as manhãs ilusórias podem ser um flagelo.

 ☃💝

Autora: Larissa Santos.

50 comentários:

  1. Bom dia. Não fiques carente... aqui te deixo o meu abraço apertado


    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Muito lindo teu poema e desistir da caminhada nunca! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Mt bonito este poema e nunca desistir pois isso é so para quem nao gosta da vida por isso nunca pois os outros é o que querem isso nunca força bjs

    ResponderEliminar
  4. Aqui hoje ninguém pode caminhar, chove bastante e faz uma ventania que faz estremecer todos os ramos da "minha Figueira"!
    Bom fim de semana com as albufeiras a encher.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, alma sofredora! Espero que na vida real não seja tanto assim.

    ResponderEliminar
  6. Bom dia!
    Hoje tem Poetizando e Encanando. O desafio dessa edição, confesso não foi fácil. É uma imagem linda mas que tem traços de outras daí a dificuldade, mas para grandes poetisas e poetas como os nossos participantes, vai ser a mais linda das edições. Este é o convite para a 25ª Edição.
    Tenha um fim de semana de muita paz, saúde e inspiração. Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  7. Doce e dilacerante dúvida. Belo poema.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  8. Há um paraíso e vale a pena persistir!
    Versos de busca intensa!
    Bom sábado e muita paz...

    ResponderEliminar
  9. Um bjinho e um abracinho caloroso para nao ficares carente. Bjinho Larissa

    ResponderEliminar
  10. Olá Larissa ! deixo um abraço amigo :)
    essa paisagem é a que se vê e sente durante estes dias, pelos países mais a norte da Europa
    por aqui no sul de Portugal, as temperaturas estão amenas, mas o céu abraça-nos enfim com as promessas que a chuva traz! bom fim de semana
    Angela

    ResponderEliminar
  11. Envio-lhe um abraço amigo, mesmo que virtual, que sinta que é verdadeiro.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Desistir jamais. Os flagelos nos fazem crescer também.Talvez até mais do que as vitórias, essas às vezes nos causam comodismo. Lindo... parabéns.

    ResponderEliminar
  13. Gostámos muito. Parabéns, Larissa!

    Convidamos-vos a ler o capítulo III do nosso conto "Voar Sem Asas"
    https://contospartilhados.blogspot.pt/2018/03/voar-sem-asas-capitulo-iii.html

    Saudações literárias

    ResponderEliminar
  14. Que belo poema, tão bem acompanhado por essa imagem! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  15. Larissa, Esqueci de dizer que a poesia é linda, mas esse gelo derreteu meu cérebro.kkk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  16. Boa tarde!
    Bem, a imagem é fenomenal!! O poema, mas uma vez me encantou!! Parabéns.

    Hoje: "Poetizando... " Mar e a lua, fiéis ao nosso amor. (...Poetizando...)

    Beijos. Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  17. Mesmo o contexto sendo de tristeza, o brilho de sua poética continua intacto, Larissa. Parabéns, fraternal abraço e ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  18. Que texto tão bonito!

    Beijinhos
    http://princesasemtiara.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  19. Lindo poema Larissa!
    Um caminhar meio indefinido,mas com desejo de chegar.
    Amei.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  20. Versos amargurados num belo poema. Gostei!
    Beijo e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  21. Através de uma longa caminhada, conseguimos dar forma aos nossos pensamentos mais profundos, porque nos encontramos connosco.
    Adorei o poema!

    r: Muito obrigada :)

    ResponderEliminar
  22. Belíssima imagem. Adorei o poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  23. Querida Larissa, poesia e imagem perfeitas! A caminhada ilusória em um lugar sombrio mas ao mesmo tempo em paraíso. Que lindo! Parabéns, abraços, tenha uma linda noite.

    ResponderEliminar
  24. Soberbo soneto a "casar" com a bela imagem que apresenta.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  25. Parece -me um caminhar sem rumo mas a poesia transformar num belo momento poético!
    bj

    ResponderEliminar
  26. ¡Caramba, es una exquisitez! Este soneto.
    Mi enhorabuena. Un beso.

    ResponderEliminar
  27. Poema perfeito...muito bonito
    bjs
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  28. Tão lindo, sempre que aqui passo deslumbro com as suas palavras.
    Beijinhos
    Carla
    Blog: Guloso qb

    ResponderEliminar
  29. A passar por cá, hoje, para desejar bom domingo!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  30. Não desistir é o essencial.
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  31. Nunca se deve desistir mesmo que a procura seja difícil e dolorosa
    Beijos e um feliz domingo

    ResponderEliminar
  32. Boa tarde amiga linda!
    Poema muito bonito. Nunca desistas dos teus sonhos! :)))

    Beijinhos m...

    ResponderEliminar
  33. Boa tarde, em tudo ou quase tudo,a única certeza é da incerteza,a falta da certeza não é impeditiva de continuar a caminhada que nos propomos na procura da certeza.
    Parabéns pelo lindo poema bem acompanhado pela imagem.
    Continuação de feliz domingo e semana,
    AG

    ResponderEliminar
  34. Nessa sua ilusória caminhada,
    pois então não se desoriente
    você por amor mulher apaixonada
    bem a felicidade no coração sente!

    Tenha uma boa tarde cara amiga poetisa Larissa.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  35. Oi Larissa
    Obrigada pela visita e estar aqui mais uma vez é um privilégio.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  36. Lindo e majestoso texto poético, amei!
    Beijos afetuosos!

    ResponderEliminar
  37. Muito bonito, Larissa, sempre em frente, querida!
    Gostei da ilustração.
    Um beijo e um 8 de Março especial!

    ResponderEliminar
  38. Olá, Larissa.
    Parabéns pelo belo soneto, que se inicia assim, com esta estrofe:

    "Numa desenfreada manhã, a caminhada ilusória
    Manhã sem sol, fria, e o meu coração dilacerado
    Carente, de um abraço que seja...dado em gloria
    Para que teu calor aqueça e permaneça guardado"


    Desejo que tenhas uma ótima semana.
    Beijo.
    Pedro

    ResponderEliminar
  39. Os sonhos, muitos deles, deixam de ser ilusão quando os concretizamos. E, muitas vezes, é mais gostoso o caminho do que propriamente a chegada...
    Gostei muito deste teu soneto, é brilhante.
    Boa semana, amiga Larissa.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  40. Caminhar para concretizar sonhos não pode ser, apenas, ilusão. Os passos que se dão constroem e edificam.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  41. Desistir?! Nunca! Mesmo que por vezes as forças estejam frágeis.
    Nostálgico mas bem escrito.
    Boa semana.
    Beijos
    :)

    ResponderEliminar
  42. As saudades de quem amamos dilaceram o coração.
    Nostálgico e belo soneto.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar