sexta-feira, 16 de março de 2018

Nosso Amor ... a alvura do Universo




Quero-te olhar num olhar que sem cansaço
Te mostre como bate este sentimento puro
Todo o carinho num pensamento devasso
É meu segredo. É sonho de amor imaturo
𐤃
Não ouças as minhas palavras em segredo
Escuta-me. Encosta teu rosto à minha face
Sorrindo solta ao mundo, brados sem medo
Fazendo com que o teu amor se mostrasse
𐤃
Que o mundo sorria como se nele viajasse
E o Espaço de luzência divina se apagasse
Turvando os erros escritos em cada verso
𐤃
Dentro do amor que retraído nos consome
Eu pudesse escrevê-lo usando o teu nome
E seria o nosso amor a alvura do Universo
................................................
𐤃
Autor: gil antónio
𐤃

40 comentários:

  1. Gil quando se ama ... é fácil o poeta "poetizar" com tanta beleza!!! bj

    ResponderEliminar
  2. Un amore importante, delineato in versi di rara bellezza
    Un sorriso,silvia

    ResponderEliminar
  3. O amor traz inspiração e ela está aqui neste bonito poema
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Bom dia, Gil! soltar sorrisos desperta atenção e causa bem estar de quem nos rodeia, o poema é belo.
    O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente.

    Fernando Pessoa

    Bom fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  5. Bom dia.

    Cheguei... olha-me, sem medos
    Toca-me e verás como me acertas
    Teu coração é um dos meus segredos
    Quando apenas em saudade, me apertas.

    Um Hino ao Amor, o teu Poema. Palavras para quê!

    Bjocas

    ResponderEliminar
  6. Mais um belo poema e um sonho de amor puro!!!
    Que o amor seja a alvura do Universo!!!!
    Grande abraço!

    ResponderEliminar
  7. Em um dos artigos da minha pá-
    gina o velho Palhaço Poeta nos diz
    que para escrever da maneira que
    você, meu amigo Gil, escreve, a de
    se ter vivido uma boa parte da vida
    entre belos amores e chorosas des-
    pedidas. Achei lindo e pertinente aos
    seus "desabafos", o que ele falou.

    Um grande abraço e bom dia.

    silvioafonso



    .

    ResponderEliminar
  8. Que belo hino ao amor adorei. Bjnhos Gil

    ResponderEliminar
  9. Tão, mas tão bonito! Derretes o meu <3 ! :)
    {I'love you }

    Bjinhos ;)

    ResponderEliminar
  10. "e seria nosso amor alvura do universo"... Sublime. Parabéns!

    Convidamos-vos a ler o capítulo V do nosso conto escrito a várias mãos "Voar Sem Asas"
    https://contospartilhados.blogspot.pt/2018/03/voar-sem-asas-capitulo-v.html

    Votos de bom fim-de-semana
    Saudações literárias

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde, Gil!
    Soberbo o teu poema!! Amei

    Beijo. Bom fim de Semana

    ResponderEliminar
  12. Adorei o poema. Versos encadeados em soneto de elevado valor poético. Parabéns
    .
    * LACTOFILIA: Um desvio sexual OU excitação sensual? *
    .
    Beijinhos carinhosos e fofos

    ResponderEliminar
  13. Boa tarde meu querido. Deixas-me sempre sem palavras. O teu poema é lindo demais. Parabéns :))

    Bjos
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  14. Cada vez que entro neste blog, saio mais calma e tranquila. Obrigada
    Beijinhos
    http://amigos-da-cozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Poema muito belo, a essência amorosa
    como um guia em ondas de
    direção implícita e explícita deste
    sentir imenso romântico, muito
    bem expressado poeticamente.
    Votos de final de semana
    feliz, poeta Gil!
    Grata pela gentil visita.

    ResponderEliminar
  16. Quando se escreve o amor é bênção que duplica.

    Muito bonito Gil e que facilidade de expressão sentimental.

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  17. "É sonho de amor imaturo". Ainda assim é belo e forte.
    Bom voltar a ler-te.

    Beijos doces.

    ResponderEliminar
  18. Um soneto bem rimado, terno e apaixonado.
    Bom Final de semana.
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  19. O amor está presente em cada verso que fazemos e esse seu soneto nos mostra o quanto é divino amar!
    Parabéns pela inspiração Gil.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  20. Está bem trabalhado, com metáforas originais
    e bastante equilíbrio.
    A chave está muito boa.
    òtimo fim de semana.
    ~~~

    ResponderEliminar
  21. Pensamento puro e sentimento devasso
    não rimam mas há quem os sinta
    tanta beleza existe neste lindo espaço
    que penso fazer vista grossa
    e deixar que o Poeta minta...:))

    Como costuma dizer o Gil...Brincando. :)

    Bom fim de semana.

    (Claro, adorei o Soneto! (lol)

    ResponderEliminar
  22. Que o mundo sorria mais vezes.
    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  23. um soneto muito belo. formalmente impecável.

    caro amigo,

    por uma distracção enviei um email que não lhe é destinado
    a "presunção" referida não é consigo.
    peço desculpa pelo equívoco
    um abraço

    ResponderEliminar
  24. Que amor tão belo e intenso.
    Maravilhoso soneto.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  25. Olá Gil, gostei da intensidade dos versos, isto é pura arte poética para deleite do leitor!
    votos de um feliz findi1
    Abraço!

    ResponderEliminar
  26. Gosto do poema e de toda a intensidade das palavras!

    ResponderEliminar
  27. Amigo Gil, parabéns por mais esse lindo poema!


    Como amanhã será um dia muito cheio para mim, vim trazer hoje o convite para o Poetizando e Encantando que postarei pela manhã.
    Será um prazer mais uma vez sua maravilhosa participação que ao longo das edições passadas só tem nos encantado com seu lindo poetar.
    Fica aberto o convite para os seus amigos e amigas que desejarem conhecer, seguir meu blog e participar da BC.
    Deixo uma dica para a temática da 27 edição.

    “As recordações não povoam nossa solidão, como dizem ,ao contrário, fazem-na mais profunda! Está em nossas mãos apagar inteiramente da nossa memória os infortúnios e as recordações desagradáveis”.
    Com certeza irão gostar muito!

    Abraços da amiga Lourdes com desejo de que:

    Sonhe e conquiste seus sonhos.
    Acorde a cada amanhecer com a certeza
    de que tudo poderá acontecer. Sorria
    Pois sempre que você sorrir uma
    estrela há de brilhar.

    ResponderEliminar
  28. Oi Gil, bn!
    Sempre que chego aqui fico encantada com os seus poemas e os da Larissa. Parabéns p/ambos!
    Bjsss amigo e um belo FDS p/vcs

    ResponderEliminar
  29. Um amor assim tão belo ilumina a dá sentido à vida.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  30. Degustando cada verso desse lindíssimo poema de amor
    fascinante, Gil
    Beijos

    ResponderEliminar
  31. O amor é mesmo a alvura do mundo.
    Belíssimo poema, Gil.

    Beijinho e obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  32. Que bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar