segunda-feira, 12 de março de 2018

Teus olhos negros ... Dor da minha fantasia



São teus olhos negros a ousadia da dor vencida
Que se reflectem nos espelhos do meu caminho
Dúvidas herméticas de uma dubiedade sentida
Que ofusca o amor que me leva ao descaminho
.
Passas por mim como o vento que me chicoteia
Obscura volúpia que o teu olhar deixa em mim
Rodopias em danças como a aranha em sua teia
Sabendo que essas danças causam dor em mim
.
A graça da desgraça é que me desgarro da vida
Desespero por te ver passar airosa, convencida
Entrelaços dos sentidos na expressão da utopia
.
Fazem do teu olhar, a dor da minha existência
Que me despedaça em angústias de apetência
Que ao passar sejas o vento da minha fantasia
.............................................
Autor: gil antónio
.

42 comentários:

  1. Precioso poema.
    Los ojos son el reflejo del alma.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  2. Gostei bastante do poema =)
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  3. Bom dia meu querido, Gil. Parabéns pelo poema "arrebatador de corações"...Adorei de coração. Parabéns.

    Bjos
    Votos de uma boa Segunda Feira.

    ResponderEliminar
  4. Olhos negros são queixumes, mas iluminam como faróis! Bonito poema.
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. A arte do soneto bem expressa neste poema sentido.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde!
    Li e reli, apraz-me dizer apenas uma palavras! Soberbo!!

    Beijos e uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  7. Como se atormenta o coração apaixonado...o desejo é o pavio da ansiedade, onde a paixão ateia seu fogo.
    Lindo poema, com certeza!
    Desejamos uma ótima e realizadora semana.
    Bíndi e Ghost

    ResponderEliminar
  8. Que malvados esses olhos :-)

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  9. Awesome 💕
    I inviate you to visit my blog
    Kisses

    ResponderEliminar
  10. Boa semana com muita fantasia, que nos faz falta para enfrentar os dias agrestes.

    ResponderEliminar
  11. Uno sguardo davvero speciale, molto ben delineato in poesia
    Buona serata,silvia

    ResponderEliminar
  12. O olhar é algo marcante.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  13. Os olhos sao o espelho da alma bjos Gil

    ResponderEliminar
  14. Que boa forma de começar a semana com este belo poema! :) Boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  15. Muito bom, Gil! Sinto-me feliz e encantado, amigo, em conhecer a tua bela poesia! Meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  16. Oi Gil, boa tarde!
    A figura dos olhos penetrantes condiz perfeitamente com o seu poema lindo. Parabéns!
    Uma semana de sucesso e abençoada é o que desejo p/vcs. Bjsssss amigo

    ResponderEliminar
  17. Poema lindo de morrer. Como dizem os Brasileiros,lindo de viver. :)))
    És o MEU Poeta preferido!

    Beijinhos melados :)))
    Vens?

    ResponderEliminar
  18. Como bem você saber escrever,
    esse seu poema está perfeito
    como o coração dentro do peito
    doutra maneira não podia ser!

    Tenha uma boa noite caro amiga poeta Gil António.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Adoro a intensidade de um olhar e um poema intensamente belo!
    Gostei de ler ... bj

    ResponderEliminar
  20. Adoro a intensidade de um olhar e um poema intensamente belo!
    Gostei de ler ... bj

    ResponderEliminar
  21. Quanta força tem um olhar!
    Fantástico poema :)

    r: Também não me importaria de conhecer Veneza
    Espero que um dia tenha essa oportunidade!

    ResponderEliminar
  22. Muito bom Gil
    Abraço
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  23. Belo momento poético, meu caro Gil. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  24. Aqui se colhe flores num jardim de belos poemas. Gostei muito Gil! Abraço.

    ResponderEliminar
  25. Uau.. sinceramente o olhar mostra quem a pessoa é e o que sente! Amei o poema
    beijos

    www.estiilocarol.com

    ResponderEliminar
  26. Existem olhares que são mesmo fatais.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  27. "Olhos negros são queixumes
    de uma tristeza sem fim..."

    Mas o Soneto é lindo! :)

    ResponderEliminar
  28. A força expressa num olhar!
    Majestoso poema Gil
    Beijos

    ResponderEliminar
  29. Os teus olhos, negros, negros
    São tão negros, são tão negros, da Guiné.
    Ai da Guiné por serem negros...
    Conhece??
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  30. Os olhos são mesmo espelho da alma.... a primeira coisa que olhamos numa mulher são os olhos... e das coisas mais difíceis de se esquecer são os olhos!!!

    ResponderEliminar
  31. Caramba, Gil. Falar em olhos negros, cheios de enigmas, volúpias, trouxe uma saudade que tempo algum faz esquecer.
    Abraços

    ResponderEliminar
  32. Os olhos, às vezes falam mais que a boca, um olhar cortante denuncia o desejo do coração. Soneto de versos sentidos e belos!
    Tenha um radiante amanhecer!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  33. Oi Gil,
    Existem olhares que nos machucam
    pela indiferença e descaso.
    Mas é bom demais quando um olhar
    nos fascina...
    Beijos!

    ResponderEliminar
  34. Olhos que tocam a alma do poeta.
    Maravilhoso!
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar