quinta-feira, 12 de abril de 2018

Ainda chove no meu caminho...

Ainda chove!
Ainda chove neste longo caminho
No meu jardim e em qualquer flor
Nas folhas verdes e sem cheirinho
Porque a chuva roubou o seu odor
Ainda chove!
Dentro do meu coração tão fechado
Onde certas coisas guardo ao acaso
Sejam mesmo palavras do passado
Ou mesmo outras chuvas em atraso

Ainda chove!
Neste meu mundo...onde te espero
Onde já nada será igual, mas cruel
Porque se nesta chuva eu desespero
Neste chão molhado eu recebo o fel

Ainda chove!
Nesta estrada em que a vida me guia
Onde o caminho é duro mas saudoso
Molhar-me pelo amor é uma terapia
E esperar-te no molhado é prazeroso.

Ainda chove...
☔🌝

🌷Autora: Larissa Santos

54 comentários:

  1. Belissimo poema este teu minha kerida Larissa.Escreves mesmo com paixão. Bjokas

    ResponderEliminar

  2. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  3. bom dia
    leio com alguma frequência os seus poemas , mas este despertou em mim algo muito profundo .
    obrigado .
    JAFR

    ResponderEliminar
  4. Como já aqui foi escrito, muito profundo e belo este poema minha amiga.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  5. O percurso da vida é assim mesmo, com sol e chuva!

    ResponderEliminar
  6. adorei o post!!
    beijinhos

    |último post|
    https://eyeelement.blogspot.pt/2018/04/6-habitos-que-vao-mudar-tua-vida.html

    ResponderEliminar
  7. Larissa o pior é quando chove na nossa alma e tal como atualmente na natureza... NÃO PARA!!!
    Bj e gostei da leitura que fiz!

    ResponderEliminar
  8. A chuva pode significar um renascer também.. Muito bonito!
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  9. Uma chuvinha que convida ao amor! Lindo! bjs, chica

    ResponderEliminar
  10. Bom dia, Larissa!
    Mais um fabuloso poema, sobre a chuva com um toque saudosista!! :) Amei!!

    Beijo e um excelente dia

    ResponderEliminar
  11. Água é vida. E a da chuva também...
    Magnífico poema, parabéns.
    Continuação de boa semana, amiga Larissa.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  12. No meu caminho uns dias chove, outros faz sol, temos que aceitar o nosso destino, mas sentar-me na água!!!Só numa banheira com água quentinha, ou junto ao mar no mês de agosto! Gostei deste maravilhoso poema.

    O meu abraço

    ResponderEliminar
  13. Quantas chuvas em nossas vidas Larissa. Bom que tambem ha´sol para nos secar de tudo... Gostei muito! Bom dia. beijos

    ResponderEliminar
  14. Uma espera com chuva, terapia e prazer...
    Poema bonito, Larissa...
    Um abraço

    ResponderEliminar
  15. Mais que delícia...
    Li com os olhos de
    quinze anos.

    Beijos, poeta. beijos.

    silvioafonso

    .

    ResponderEliminar
  16. Toa plantação energiza-se pós chuva... A do amor não será diferente... Creia que colherá!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  17. Que essa chuva possa aguar todo esse amor declarado
    Lindo Larissa.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  18. Ainda chove
    Mas logo o sol virá
    os melros cantarão
    e meu coraçao ficará adornado de poesia

    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  19. Lindo poema,depois da chuva um lindo dia de sol , para aquecer as lembranças do coração.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  20. E se chove! :) Um belo poema este que nos trazes hoje. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  21. Oi! Estou apaixonada pela leveza desse poema. O tom divertido que ele traz e ao mesmo tempo, tão reflexivo, aaaa! Sério! Adorei demais, vou salvar aqui!

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderEliminar
  22. Fabuloso poema, Larissa!

    Beijinho, miúda!

    ResponderEliminar
  23. Lindo e doce poema. Larissa.
    Gostei demais.
    Um forte abraço de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderEliminar
  24. Un grande poema mi fa sognare, come sempre, anche la musica di sottofondo complimenti http://casaninnamamma.blogspot.it

    ResponderEliminar
  25. No meu Outono a chuva vem como ornamentação e sua poesia caiu como uma leve neblina numa destas manhãs, umedece o dia, molha nosso rosto e vem este sentimento de terapia Larissa.
    Belo trabalho nesta inspiração molhada mas aconchegante.
    Abraços e feliz fim de semana com paz,amor e alegria com poesia.
    Bjs de paz no coração.

    ResponderEliminar
  26. Poderá chover e suspirar-se pelo Sol...Mas ama-se...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  27. E vai continuar a chover nesse seu/nosso caminho. O que nos vale é mesmo o amor!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  28. Por vezes, a chuva prolonga-se, mas quando o sol regressa é maravilhoso!
    Poema lindíssimo :)

    ResponderEliminar
  29. Poderia chover só de noite ;) gostei muito

    ResponderEliminar
  30. Que lindo poema chovendo nos dias frios e
    gostoso de fica em casa só a pensar, e no outro dia realizar,
    obrigado pela visita,
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  31. Se ainda chove no seu caminho,
    sem colocar seus pés na poça
    pode vir andando devagarinho
    eu já estou preparando açorda?

    Gostei não digo que não,
    desse seu poema chuvoso
    o seu melhor amigo coração
    dentro do peito maravilhoso!

    Boa noite deseja para você cara amiga poetisa Larissa.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  32. Parabéns Larissa, como sempre os seus poemas são lindissimos
    bjs

    ResponderEliminar
  33. "Fundamental é mesmo o amor, é impossível ser feliz sozinho"
    Por isso vale a pena esperar à chuva.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  34. Um poema lindo!
    Chove, mas o sol voltará a brilhar nesse coração saudosista.
    Beijinhos e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  35. Linda poesia Gil
    Uma das mais belas que achei aqui
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  36. Oi, Larissa!
    Que poema lindo! Você tem muito talento.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  37. É no molhado que é melhor de se brincar. Poema carregado de paixão, Larissa! Parabéns.
    Beijos,

    ResponderEliminar
  38. Chove no sentido figurado e na realidade.
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  39. Gostei de ler, Este ano a Primavera veio apaixonada pelo inverno. Como ele se foi quando ela chegou, desfaz-se em lágrimas.
    Abraço

    ResponderEliminar
  40. Infelizmente ainda chove nos cantinhos todos. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  41. Querida Larissa
    E a chuva é sempre um prenúncio de felicidade!
    Belo poema a homenagear essa água, de que tanto necessitamos.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  42. Sentimental, concordo com a Liliane, a chuva (em determinadas circunstâncias), é pura poesia.
    Abraços

    ResponderEliminar
  43. https://poemasdaminhalma.blogspot.pt/
    Oi Larissa, delicadeza de poema... sentimental de pingos de amor. Maravilhoso gostei imenso!
    Beijinho de ternura.
    Excelente fim de semana.
    Luisa Fernandes

    ResponderEliminar
  44. Que lindo, seu poema! A vida é para se molhar!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  45. Também é preciso brincar na chuva e com ela.

    ResponderEliminar
  46. Beautiful image the building You chose well for the theme.
    Your blog is very nice,Thanks for sharing good blog.
    D2BET

    ResponderEliminar
  47. E vai chovendo no nosso coração.
    Belissimo poema
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar