terça-feira, 10 de abril de 2018

Estaria mentindo, se a sede não fosse o desejo

  
No devaneio dos meus insanos pensamentos
São ilusórias as tormentas de todas as vidas
Sonhos perdidos e tantas mensagens vividas
Onde o amor é o mais forte dos sentimentos
.
Ilusórios momentos que de ti eu quero beber
Pela insistência e por minha libertina vontade
A minha sede é tão grande, quanto a saudade
Nessa fantasia com quem partilho meu viver
.
Um bom vinho, saboreado ... é o delírio total
Numa ilusão que provoca o insistente arrepio
Neste meu corpo semi-despido, em pedestal
.
Estaria mentindo se a sede não fosse o desejo
Se este arrepio não fosse a memória do vazio
Nunca será insano saborear o vinho num beijo

💬👼
Autora: Larissa Santos.

46 comentários:

  1. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, Ilusórios momentos acompanhado com um bom vinho tinto Alentejano, são transformados em belos poemas reais.
    Parabéns pelo lindo poema.
    Continuação de feliz semana,
    AG

    ResponderEliminar
  3. Deve ser mesmo a melhor maneira de saborear um bom vinho. Num beijo apaixonado.
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Bom dia. Mais um fabuloso tema, cheio de sedução libidinosa, tendo o vinho como mensagem de ternura num beijo apaixonado. Gostei muito da analogia vinho + amor + beijo.

    Olha, beijinho sem vinho.

    ResponderEliminar
  5. O vinho é sempre sinónimo de prazer! =)
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. E se for uma reserva do Douro, ou do Alentejo com uma perna de leitão, até o branco fica vermelho! Também gostei do poema.
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. UAU, que linda,Larissa! Beleza! bjs, chica

    ResponderEliminar
  8. Este teu soneto é muito bom,Larissa !


    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  9. Que poema lindo! Bonitas palavras :)

    Beijinho e boa semana,
    https://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. A Larissa Santos conseguiu colocar poeticamente em palavras, anseios e impulsos sensuais, gostei! rsrs.

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Larissa, obrigada pelo carinho.

    Beijinho especial.

    ResponderEliminar
  12. Larissa
    Que lindo poema,
    maravilhosa sugestão e
    adorei a imagem.
    Uma associação perfeita.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  13. Se tem qualidade é para beber
    Não importando a cor do vinho
    Pois todo ele dá muito prazer
    Quando envolvido, em carinho...


    ResponderEliminar
  14. Amei o poema. Simpatia, glamour, luxuria. É maravilhoso poder amar e beijar ao mesmo tempo que se bebe um vinhos que pode muito bem ser o "fogo" que faz "arder" a mente. Adorei, amei,

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Belo soneto, cara amiga Larissa. Belo momento lírico. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  16. Embriagar-se nos delírios da paixão.
    Deslumbrante poema Larissa
    Beijos e uma feliz semana

    ResponderEliminar
  17. Hola como va todo paso a darte las gracias por pasar por mi blog cuidate.

    Besos

    ResponderEliminar
  18. Não gostando de vinho,fica-me o sabor deste belo poema.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Oi Larissa,
    Vinho combina com tudo,
    principalmente com amor e saudade.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  20. Desejos que chegam à flor da pele!
    Lindo e sensual.
    Bjs Larissa.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  21. A sede de desejo nem um bom vinho alivia tal emoção mas ... uma bela poesia acalma essa sede!
    bj

    ResponderEliminar
  22. A sede de desejo nem um bom vinho alivia tal emoção mas ... uma bela poesia acalma essa sede!
    bj

    ResponderEliminar
  23. vinho e poema que loucura !
    levanto o meu copo de vinho de porto para brindar contigo Larissa :)
    abraço
    Angela

    ResponderEliminar
  24. Insano será o Outro se não partilhar com o Eu este desejo e entregar-se também.
    Beijos,

    ResponderEliminar
  25. Oi Larissa, bt!
    Lindo e muito sensual o seu poema. Parabéns!
    Bjsss amiga

    ResponderEliminar
  26. Sempre com poemas maravilhosos :)

    r: Em nome das duas, agradeço!

    ResponderEliminar
  27. Mais um maravilhoso e sedutor poema!! Parabéns!!
    Lindo demais.

    Beijo. Boa noite.

    ResponderEliminar
  28. Olá, estimada Larissa!

    Embora praticante, desde sempre, de abstemia, reconheço que o seu soneto está cheio de sede -rs e pede "água" e mto amor, sobretudo.

    Não gosto desse binómio - amor+vinho. Prefiro o amor, tal como ele é, sem fatores externos a darem-lhe outras roupagens e atuações.

    Não gostei da imagem escolhida, mas gostos não se discutem.

    Eu sou mto sincera e direta. Faça o mesmo qdo no meu blogue, alguma coisa não lhe agradar. Grata!

    Beijos e uma excelente noite.

    ResponderEliminar
  29. Óptimo post, sempre belas palavras. Obrigada pela partilha :)
    Beijinhos
    Carla
    Blog: Guloso qb

    ResponderEliminar
  30. Exatamente isso, um desejo pode-se muito bem ser comparado com o um vinho bem apreciado
    Beijos

    www.estiilocarol.com

    ResponderEliminar
  31. Poema muito sensual ...gostei
    Bjs
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  32. Oi Larissa,
    Lindo poema sensual
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  33. Que lindo, fala de saudades de forma muito sensual, amei.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderEliminar
  34. Hermoso tu soneto. Felicidades.

    Saludos poéticos.

    Soco

    ResponderEliminar
  35. Leveza sensualidade no sorver do vinho num amor que arrebata loucos sentimentos.
    Belo trabalho no lindo soneto com uma imagem inspiradora.
    Abraços amiga e meus aplausos.
    Bjs de paz.

    ResponderEliminar
  36. Saborear um verdadeiro amor independe da sede de vinho... Porém, se acompanhado com duas taças... Excelente pedida!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  37. https://poemasdaminhalma.blogspot.pt/
    Oi Larissa, belo poema sensual, nostalgico, e embebido de amor e saudade. Gostei, maravilhoso!
    Beijinho de paz.
    Luisa Fernandes

    ResponderEliminar
  38. Um beijo é sempre doce, apetecível, romântico.
    Bjs

    ResponderEliminar
  39. Olá, Larissa!
    Gostei muito deste teu belo poema, que se inicia com esta estrofe:

    "No devaneio dos meus insanos pensamentos
    São ilusórias as tormentas de todas as vidas
    Sonhos perdidos e tantas mensagens vividas
    Onde o amor é o mais forte dos sentimentos"


    Parabéns, querida amiga.
    Beijo.
    Pedro

    ResponderEliminar
  40. Sedutora com as palavras. Como se tivesses dedos nas extremidades das palavras. ;)

    ResponderEliminar