quarta-feira, 16 de maio de 2018

Amar-te em amor de dor sentida.


Meu amor que me ofertas a tua candura
Que me brindas com teu suave cuidado
Onde me mostras a tua alma doce, pura
E tiras de mim o instável ar preocupado
De me perder na tua açucarada ternura
*
Há muito tempo que meu ego te deseja
E quer ver-te aquém da dúbia escuridão
Em que o meu pobre âmago se arqueja
E no ato de amor delirante e benfazeja
Quer amar, com carinho, o teu coração
*
Que teu amor compreenda se certo dia
Sentir que o meu carinho é dura mágoa
Esquece essa auréola pálida e sombria
Perdoa se eu por algo que não deveria
Fizer com que, desse olhar, corra água
*
Nunca te afastes por surgir dor sentida
Lembra-te que a perfeição fica aquém
E que as tristezas de uma extensa vida
Serão curadas como se cura uma ferida
Como se a ferida não fosse de ninguém

***
Autor: gil antónio
*

35 comentários:

  1. Bom dia! Que poema tão bonito. Vou trabalhar de coração cheio. Parabéns Poeta Gil! :-)

    Uma beijoca.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia!
    Fiquei deslumbrada com palavras tão lindas! Poema rico.
    =)

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Bom dia meu querido Gil. Parabéns por esta tão poderoso poema. Lindo demais. :)) És lindo...

    Bjos
    Dia feliz

    ResponderEliminar
  4. Bom dia,
    mais um poema lindo! =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Gil, mais um belíssimo poema pleno de lirismo e alumbramento. Adocicou o core da musa.
    Feliz e radiante dia !]
    Abraços
    Diná

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, Gil!
    Parabéns pelo teu soberbo poema. Li e reli..e o coração estremeceu.Parabéns!AMEI!

    Beijo e um dia feliz!

    ResponderEliminar
  7. Continuo a ficar encantada com o que se lê nesta página.
    Muito bonito Gil.
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Hi! lovely blog:D If you want to follow each other blogs please come to my blog and tell me, ill follow you instantly!
    https://leerenlaluna.blogspot.com.es

    ResponderEliminar
  9. Mais um poema encantador! Romântico que da gosto apreciar. Parabéns amigo Gil! Abraços

    ResponderEliminar
  10. poema muito bonito
    gostei. de verdade.

    abraço

    ResponderEliminar
  11. Amor e dor... constroem belos poemas... e vc usa bem as palavras para cria-los... e esta aqui mais um poema gostoso de se ler...

    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Gostei do poema
    muito cheio de sentimento
    beijinhs
    :)

    ResponderEliminar
  13. Sem palavras! Adorei *-*

    r: É um projeto que transborda talento, sem dúvida

    ResponderEliminar
  14. Já pensou em alguém cantar os seus poemas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OLá Magui

      Sim. Eu... Mas até os bandos de pardais assustava, lol

      Eliminar
  15. Olá amigo!
    Mais um poema de amor lindíssimo, como todos os que escreve!
    Parabéns, que bom passar por aqui, adorei!
    Quero agradecer as suas visitas, muito obrigada!
    Vá passando quando quiser, é sempre muito bem vindo!
    Beijo fraterno!

    ResponderEliminar
  16. Perdoa se eu por algo que não deveria
    Fizer com que, desse olhar, corra água ...
    ...é que nem sempre AMAR é fácil!
    GOSTEI de ler ... bj

    ResponderEliminar
  17. No amor , mesmo que doa a tristeza se cura num verso pleno de ternura, num beijo, na paz que o amor traz. Lindo

    ResponderEliminar
  18. Simplesmente eu direi,
    é maravilhoso o seu poema
    sendo dos melhores que encontrei
    para o ler vir aqui valeu a pena,

    Tenha uma boa noite caro amigo poeta Gil António.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Lindo, Gil!
    Versos bem construídos e muito suaves!

    ResponderEliminar
  20. Sempre com poemas tão lindos e adorei essa imagem! :) Boa noite.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  21. Que bela poesia, Gil. E que fundo musical... Parabéns e obrigado pela visita. Abraços.

    ResponderEliminar
  22. Todo o relacionamento conhece altos e baixos.
    O segredo de um bom e duradouro relacionamento é saber ultrapassar esses momentos baixos.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  23. Magnífico poema, como sempre.
    Continuação de boa semana, caro Gil.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  24. lindo poema com muita ternura pelo meio, Gil :)
    gostei !
    Angela

    ResponderEliminar
  25. Um belo e sensível poema que enche nossa alma de poesia!
    Fé e Poesia é meu novo espaço, convido-te a visitá-lo!
    Beijos carinhosos!

    ResponderEliminar
  26. Que bonito!
    Palavras que enchem o coração.
    Bom final de semana.

    ResponderEliminar