sábado, 19 de maio de 2018

Amor feito de pura verdade



Que teu coração seja livre para voar
Que o céu seja um espaço de amor
Que seja o campo liberto para amar
Que por amar nunca sofra triste dor
*
Que o nosso olhar seja puro e infinito
Que não seja julgado por antecipação
Que a liberdade seja o único quesito
Que origine padecer o nosso coração
*
Que o nosso carinho não tenha idade
Nem o carreiro seja de impura ilusão
Que as grades do carinho e felicidade
Sejam as cristalinas grades do coração
*
Que o nosso amor seja a doce pureza
Feito de compreensão e pura verdade
Para que com sentimento e destreza
Possamos viver e amar em liberdade

***
Autor: gil antónio
*

22 comentários:

  1. Que poema tão bonito, meu querido. :))

    Bjos em ti.

    ResponderEliminar
  2. Sente o amor porque ama,
    circula feliz em liberdade
    esse,certamente, não engana
    amor feito de pura verdade!

    Tenha um bom fim de semana caro amigo poeta Gil António.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Uma verdadeira explosão de amor! Adorei.
    =)

    Bjinho

    ResponderEliminar
  4. Que sejamos livres no amor, no pensar, na expressão, no direito à voz!Lindo poema!

    ResponderEliminar
  5. Que seja assim, com essa verdade!

    Bom sábado

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde! Parabéns pelo soberbo poema!! Amei!

    Beijinhos
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  7. Boa noite Gil
    Que lindo poema, viver e amar em liberdade. Amei a musica, muito relaxante. Um lindo domingo. Abraços.

    ResponderEliminar
  8. Só um amor verdadeiro consegue voar em plena liberdade até ao final dos tempos.
    Maravilhoso poema
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  9. Amar de verdade e em liberdade, grande poema
    Abraço Gil
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Acabei de conhecer seu blog e devo dizer que é maravilhoso! Estou apaixonada por ele!
    Também acabei de voltar com o blog e junto veio uma repaginada nele, ficaria muito feliz se você me desse a sua opinião sobre ele e quem sabe seguir se gostar!
    Beijos
    http://whymendes.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Um poema repleto de amor.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. Olá, Gil António!

    Grata pela visita e tão sucinto, mas amplo comentário. Porquê ficar em silêncio? É dele k precisa, qdo me lê ou calhou hoje?

    estou melhor das mãos, mas não boa, aliás, nunca mais ficarei boa das mãos, disso tenho consciência. Irei escrevendo, como me for possível e paciência.

    Qto ao seu post, prendi-me na imagem tão simples, qto bela. Um coração a voar de alegria, decerto, na mão de uma menina. Imagino que será o coração do menino amado.

    Que, que, que, isso mesmo, Gil! Que os nossos sentimentos e órgãos obedeçam ao amor, sem entraves, sem perguntas, mas espontânea e verdadeiramente.

    Beijos e bom domingo.

    ResponderEliminar
  13. Que o amor viva da verdade e supere as diferenças sempre.
    Linda inspiração amigo.
    Abraços no bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  14. Que assim seja!! Que bonito, Gil! Tantos desejos e tanta esperança! ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  15. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  16. Gil que bela sensação, liberdade total a todos para poder amar
    no céu que representa o espaço infinito !!!
    Que teu coração seja livre para voar
    Que o céu seja um espaço de amor

    que o amor universal exista ; que sempre assim seja :)
    abraço
    bom domingo
    Angela

    ResponderEliminar
  17. Gracias por el paso de mi blog.
    De nuevo pasao por tu blog
    Gracias por tus entrdas y comentarios

    ResponderEliminar
  18. Que o nosso olhar seja puro e infinito
    Que não seja julgado por antecipação ... é uma belíssima mensagem dentro de um belo poema!!!
    bj

    ResponderEliminar
  19. Que fofura de imagem e que beleza de poema, tenha uma linda noite.

    ResponderEliminar