quinta-feira, 10 de maio de 2018

"O meu ilusório, fluindo"

💧
Adormecida entre as flores e o frio
Entre sonhos e realidades
Entre lugares sombrios
E os dias nublados
Onde prometi esperar por ti
Nas manhãs orvalhadas,
Flocos de neve vão caindo
Enquanto te espero
Nestas instigantes escadas
Beleza do meu jardim,
Nos momentos em que desespero
Ninguém merece esperar assim
💧
Levanto o meu rosto, que sente
A humidade da brisa
Será a neve caindo
Ou o meu ilusório fluindo
Nas minhas vestes vermelhas,
Adormecida nas flores
E nos tropeços do pensamento
Onde a tristeza é tormento,
E quando o meu rosto chorar
Num sentimento sem louvores
Não resiste, vai morrendo
A qualquer momento,
Se desta quimera eu não acordar.

💧💧 

🍀Autora: Larissa Santos

39 comentários:

  1. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito! =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  3. Das tais esperas que desesperam, entre sonhos e realidades, sem certezas e com ilusões fluindo com pensamentos tristes e tormentosos !

    Gostei muito, Larissa :)... Parabéns.

    ResponderEliminar
  4. Por vezes a ilusão e a realidade confundem-se...
    Magnífico poema, parabéns.
    Continuação de boa semana, amiga Larissa.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  5. Parabéns, Alessandra!
    Poema lindo, lírico e delicado!

    ResponderEliminar
  6. Espera-se... sonha-se... deseja-se... e fica-se como que em suspenso...
    Lindo.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde!
    Poema fantástico!! Amei!

    Beijo e um excelente dia.

    ResponderEliminar
  8. Que linda poesia, magnífica participação mais uma vez! Vim lhe visitar e me surpreendo com seu lindo poetar! Muito obrigada por participar pela segunda vez com tanto esmero. Seja sempre bem vinda!
    Adicionarei o link, pois não deixa de ser mais uma inspiração do poetizando. Beijo no coração.

    ResponderEliminar
  9. Querida Larissa
    Esperar é difícil, mas sei que vai acordar e tudo voltará ao que quer.
    Belíssima poesia!
    Parabéns.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde, por vezes a confusão faz-nos acreditar mais na ilusão do que na realidade, a poesia partilha é linda.
    Feliz fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  11. Olá, querida amiga Larissa!
    Belíssimo!
    Nós, mulheres, temos sensibilidade para transformar a angustiante espera em poemas densos de sentires extravasados...
    Quem lê tal beleza, na condição feminina de se ser, lacrimeja pela veracidade dos seus versos tecidos pela "dor do amor"...
    Felizes somos por termos sensibilidade para derramar lágrimas pela face como o orbslgo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ... como o orvalho pela relva...

      Queira desculpar-me, antecipou-se à minha vontade meu comentário, amiga.
      Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
      Bjm de paz e bem

      Eliminar
  12. Um poema em uma espera,mas com a convicção que não seja uma quimera.
    Lindo Larissa.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  13. Poema lindissimo que encanta o coração.

    Bjo

    ResponderEliminar
  14. Lindo como tu amiga sempre maravilhosas essas tuas palavras.bjs

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde, Larissa,as ilusões, muitas vezes são nossas únicas companheiras.
    porém, com certeza acordará deste sonho ilusório e tudo voltará a paz.Tudo que passou voltou a ser realidade e o amor reviveu. Beijos!

    ResponderEliminar
  16. Tão giro poema.

    Já acompanho o seu blogue há muito tempo e hoje abri o meu próprio espaço onde postarei fotos tiradas por mim, poesias, prosas, mensagens e sentires do coração.
    -
    https://olharesedeslumbres.blogspot.pt/
    -
    Vou colocar o seu blogue no meu, esclarecendo que o retirarei de imediato caso assim me seja determinado

    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja bem vinda...Obrigada pela visita.

      Bjos
      Votos de óptima Quinta-Feira

      Eliminar
  17. Gostei.
    um beijinho e uma boa quinta-feira

    ResponderEliminar

  18. wonderful review dear, thanks for sharing, http://casaninnamamma.blogspot.it

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde Larissa,

    Lindo poema, muitas vezes somos tomados por sonhos e desejos que nos embalam pela fantasia. Viver somente da realidade ou do de sonhos sempre causam frustrações, o equilíbrio dessas duas forças nos embalam a realização de sonhos impossíveis para aquele que crê somente na realidade.

    Bjs
    Desejo uma semana de muita luz, paz, amor e harmonia.

    ResponderEliminar
  20. Boa tarde, Larissa,

    outro belo poema por aqui cuidando que o amor não se perca!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  21. Um poema com a magia do querer amar e ser amada fluindo sempre do encantamento! Belo momento!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  22. E nos tropeços do pensamento
    Onde a tristeza é tormento,

    Lindo Larissa!
    deste vida a imagem de uma maneira fenomenal !!!
    adorei :)
    beijinho
    Angela

    ResponderEliminar
  23. Louvo quem assim escreve poesia!
    Lindo =)
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  24. Maravilhosa poesia *-*

    r: Aconselho os seus livros!

    ResponderEliminar
  25. Fragilidade de sentimentos exposta com grande intensidade.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  26. Tão belo e simultâneamente tão triste.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  27. Fiquei com a mesma sensação que a Magui e a Elvira.
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  28. "Nos momentos em que desespero
    Ninguém merece esperar assim" ... e a poetisa tem razão!!!
    mas ... merecemos ler seus poemas!bj

    ResponderEliminar
  29. Que poema fantástico!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

  30. Bom dia amiga!
    Amigos são como músicas você já percebeu? Eles entram na vida da gente e deixam sinais, como a sonoridade do vento ao final da tarde, como os ataques de guitarras e metais presentes em cada clarão da manhã. Amigo é a pessoa que está ao seu lado e você vai descobrir, olhando no disco do olhar. Procure escutar: amigos foram compostos para serem ouvidos, sentidos, compreendidos, interpretados.
    Passando para deixar mais uma vez o convite do Poetizando e Encantando, que nesta edição está muito atrativa as imagens. Postarei amanhã, sábado. Sua participação tem nos encantado com lindas poesias.
    Abraços, da amiga Lourdes.
    Feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  31. Retornei, amiga, para comunicar que a pedido de algumas pessoas que participam, postasse hoje, pois nesse final de semana muitos viajam ou recebem visitas. O poetizando ficara a partir de hoje para quem desejar participar. O sucesso dessa BC é graças a Vocês amigos. Abraços

    ResponderEliminar