sábado, 30 de junho de 2018

Grandeza da lua, e do amor

💧
Em noite iluminada, brilhava a lua cheia
No calor da noite as estrelas encantavam
Sozinha, deambulando, e em noite alheia
Tentando abraçar a lua, os olhos fitavam
.
Nunca os meus braços foram tão intensos
Como naquela noite, onde a lua cintilante
Iluminava o amor que sinto, mas apensos
Às estrelas, raiando em aragem ondulante

Na grandeza da lua, os segredos guardados
São como desejos, quando bem protegidos
Onde até na noite eu os sentia abençoados
.
Mas entre a lua e o mar existia vasta magia
Onde sozinha, entendia alguns dos motivos
A  separação do amor, com quem interagia
💙
🌷Autora: Larissa Santos

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Lembrando o amor do passado


Penso em ti. Lembro os erros do passado
De tanta maldade onde não fui teu amigo
Nesse amor feliz que tanto te tinha votado
Não ter a intelecção que devia ter contigo
*
Olho a cadeira a meu lado, triste e vazia
Vejo um lugar que me recorda tua beleza
Amor jurado em palavras de doce fantasia
Quando num beijo havia paixão e certeza
*
Como ser humano deixei algo acontecer
Que  não consegui do coração, remover
Ou disfarçar esse meu obscuro desacerto
*
Talvez por isso no tempo vou lembrando
Sentindo que meu coração está chorando
Por saber que nosso amor podia dar certo

***
Autor: gil antónio
*

terça-feira, 26 de junho de 2018

O meu olhar triste, reflecte no coração

🍀
Por todos os  recantos do meu jardim
Onde se prende o meu olhar, observo
As coisas mais lindas e tanto preservo
Dentro do meu coração...só para mim
.
As rosas perderam o brilho, o perfume
Eu perdi o gosto da vida, e sobreviver
Depois de tantas oscilações sem te ver
Embriagar-me-ei...pelo meu queixume
.
O meu olhar triste, reflecte no coração
O meu coração não reage, sente-se frio
A chuva voltou, sinto-me num calafrio
No meu recanto, em contida superação
.
Olha-me nos olhos, descobre a verdade
A verdade, é como a água, transparente
É como o meu coração...que não mente
Em todos os motivos será cumplicidade.

💞

🌻Autora: Larissa Santos

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Silenciavam-se nossos olhos comovidos. {BC- POETIZANDO}

41ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO

🍀
Amanhecia, em  nosso paraíso secreto
Ambos  admirávamos a beleza do mar
É a brisa, o nosso  murmúrio, discreto
Onde trocávamos o mais melico olhar
.
São os rochedos uma força da natureza
Maravilhas que jamais serão destruídas
Pode a tempestade passar com aspereza
Jamais as rochas serão assim obstruídas
.
Amanhecia, nos nossos ternos corações
Inebriados, pela maresia que nos rodeia
Mão na mão gerindo as nossas emoções
.
Silenciavam-se nossos olhos comovidos
E num abraço o nosso coração devaneia
Entre murmúrios e nos desejos contidos.

💥💕

 🍀Autora: Larissa Santos 

 

Mais uma vez tenho o gosto em continuar com esta "corrente poética", BC. Poetizando e Encantando 
Do Blogue Filosofando na Vida. Semana a semana é sempre uma emoção. Espero poder "encantar" quem por cá passa e nos lê..
Imagem relacionada 
Flores com carinho... para vocês.

sábado, 23 de junho de 2018

Amor sem rumo ... sinto-me triste



Sinto-me triste. O tempo está frio, quem diria
Que as aves não voariam, omitindo o caminho
Hoje apenas um beijo teu alumiava o meu dia
Me tirava esta angústia por não ter teu carinho
*
Os dias são cinzentos. As noites são tão frias
Sem o teu sorriso, a tua meiguice, o teu calor
O cheiro da tua pele, as tuas mãos tão macias
Não existe sol e a neblina do dia não tem cor
*
Sinto-me triste. Os meus passos endiabrados
São passos sem rumo, frios, doídos, cansados
Saudade dos teus beijos, desejo que persiste
*
No meu coração, pelo teu amor, tão desejado
Que o incerto frio levou pelo caminho errado
E só por te amar tanto assim, sinto-me triste

***
Autor: gil antónio
*

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Podem até chegar tempestades

💧
Abrem as flores quando as olhamos
Enquanto o sol não abre
Quando juntos caminhamos
Carícias trocamos
E nos olhos nos olhamos
Sem precisar palavras,
Quando de mãos entrelaçadas
E juntos nos superamos
Podem até chegar tempestades
Que nos estremeça emoção o coração

Resultado de imagem para Chuva no coração 

Mas a chuva que cai de surpresa
Que nos bloqueia o caminho,
Mas outras flores abrir-se-ão
E enquanto existe sentimento
Caminharemos nós de mãos dadas
Unidos pela sensibilidade
E se as flores nunca se abrirem
É porque nada seria verdade,
Mas sei que o sol voltará
Para que as flores ao sorrirem
Nos façam voltar, à nossa realidade

💥
💧Autora: Larissa Santos

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Não será solidão por estar sozinha


Deixei-me ficar até ao entardecer
Gaivotas desorientadas pelo areal
Quiçá o cheiro da maresia, do sal
As atraia, sintonia de um renascer
.
Não será solidão por estar sozinha
Nem por desistência do meu amor
Não será. É para esconder esta dor
Que teima, e que comigo caminha
.
A dor continua, é triste a distância
Quando dou ao mar, a importância
E que o meu coração tanto reclama
.
E neste entardecer nem o sol ficou
Mas nas águas, ele sempre irradiou
E o meu coração nas águas inflama. 

🌞

🌸Autora: Larissa Santos.

terça-feira, 19 de junho de 2018

Sonho de um amor inconstante



Passaram tantos dias d'um amor profundo
Em que tantas vezes já nem sei se sou eu
Imaginários que viajam através do mundo
Onde procuro que seu coração seja meu
*
Busco por entre as veredas, até esquecendo
Que o vento se esconde sem me saber ouvir
Meu coração sofre, mesmo não querendo
Por sofrer a saudade, de o teu, ver a sorrir
*
Somos de pensamentos e desejos distantes
Nem sabemos se nosso amor pode vencer
Quando em promessas vãs e inconstantes
Ficaram tantas palavras lindas por dizer
*
Acredito que nas distâncias já esquecidas
Onde apenas do olhar me vou lembrando
Talvez fossemos amantes noutras vidas
Sendo com esse amor que vou sonhando

***
Autor: gil antónio
*

domingo, 17 de junho de 2018

O meu semblante, perde-se, na melancolia { BC- Poetizando...}

40º EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO

🌹
Adormecida, na intimidade do meu baú
Onde, recordações me invadem a mente
Não seria justa contigo, se não fosses tu
Dos meus  sonhos, o dono, eternamente 
.
Até a rosa ofertada recordei com carinho
Ainda com o aroma das tuas ternas mãos
Acredita, jamais esquecerei teu miminho
Que entrou no meu coração, em bênçãos
.
Na leveza dum véu branco, protejo a flor
O meu semblante perde-se na melancolia
Quando sinto, que lembrança me traz dor
.
A dor, por não te poder dizer o que quero
Nem poder acolher-te no colo, é nostalgia
Mas recordo, o quanto tu me foste sincero.

 💟

🌹Autora: Larissa Santos 


 

É sempre um gosto participar nesta brincadeira poética. Nem sempre é fácil conseguir estar à altura da qualidade que a "brincadeira" exige. Assim sendo, apresento a minha simples participação que espero ser do agrado de quem por aqui passa, lê e nos comenta. Aconselho a visita  AQUI Blogue Filosofando na Vida.

Imagem relacionada
Flores para vocês.
Bom fim de semana a todos/as.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Ambos sabemos meu Amor que ...



Ambos sabemos meu amor que caminhando
Pelos recantos onde nada de verdade, existe
Num mundo em que a distância vai levando
Esse seu amor que tão longe me deixa triste
*
Ambos sabemos que as saudades são desejo
De um amor tão lindo como é a luz do luar
Assim como um poema versejado num beijo
Fazem sofrer o meu peito por tanto te amar
*
Ambos sabemos que o amor é o único sentido
Que magoado por um amor feliz e destemido
Que um dia combinámos, sozinhos enfrentar
*
Ambos sabemos que as lágrimas de agitação
Ferem como chagas nuas em nosso coração
Um amor que por si já não consegue respirar
 ***
Autor: gil antónio
*

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Num lugar qualquer, sem fim.

Imagem relacionada
Esqueci-me do tempo, no tempo
Das águas que se agitam livremente
Dos sussurros d'antigamente,
Esqueci-me, de me amar
E de me ajeitar para ti,
Mas sim
Esqueci-me
Mas não me esqueci de ti
Nem dos momentos passados por aí
Por aí, não é certamente, é muito mais que isso
É olhar-te e não poder tocar, é beijar-te e depois acordar.

Vou esquecer-me
De mim
E num qualquer lugar, sem fim
Olhando o horizonte, pensando
Que este meu tempo sem tempo
Deixa o meu coração pulsando
No tempo, que esqueceu de mim.

👄


🍀Autora: Larissa  Santos

Adormecer na dor das palavras.


Nostalgia nos dias longos, enevoados
Nos dias de sol, sem ver o teu sorriso
E sentir o cheiro dos lábios amuados
Que se fecharam quando de ti preciso
.
Conto as horas, os dias, e tanto anseio
As vezes que meus lábios te procuram
Cada pétala significa o meu de receio
Receio da perda, os lábios murmuram
.
Adormecer, na dor das  palavras duras
Como se tivessem acabado as aventuras
Quando a primavera se vai, sem avisar
.
Resta um silêncio, entre as pétalas e eu
E  um  perfume, tão semelhante ao teu
E a nostalgia dos dias...que vejo passar.

🍀


🌸Autora: Larissa Santos

terça-feira, 12 de junho de 2018

Careço das tuas palavras de conforto.


Sinto a fragrância no ar, reconheço
Papoulas encarnadas e entristecidas
Procurando o sol, ficam esquecidas
Nos campos onde me perco. Careço
.
Careço das tuas palavras de conforto
Como careço do ar que me alimenta
Da brisa tocando minha pele sedenta
Quando meu coração se sente absorto
.
Pode a tristeza ser assim, camuflada
Podem as flores viçosas, murcharem
Os meus olhos cansados se fecharem
Enquanto me sentir tão desamparada.

💞

🌼 Autora: Larissa Santos


Serás em meus versos a minha doce amada


Posso sentir-me triste e escrever versos de nada
Pensar em ti, no teu sorriso, na tua fina doçura
Viajar através das nuvens, tocar a noite fechada
Ouvir o zumbir do vento em palavras de ternura
*
Posso escrever palavras nesta noite de solidão
Encher folhas de rimas, decorar os seus traços
Expondo como é poético o meu triste coração
Por nele não estar o conforto dos teus abraços
*
Posso escrever um poema que fale de carinho
Que no infinito do meu amor ecoe o beijinho
Que gostaria de te ofertar em noite iluminada
*
Gostava de escrever uma carta sobre o infinito
Onde por caracteres de ternura, ficasse  escrito
Que serás em meus versos, minha doce amada
*
***
Autor: gil antónio
*

domingo, 10 de junho de 2018

{ Poetizando e Encantando} Trazias flores, e um misterioso olhar.

39ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO

 🌹
A festa, era uma surpresa tua
Em dia de aniversário
Trazias flores encarnadas
E sorrisos embriagados,
Trazias, o teu misterioso olhar
Um perfume encantador
E palavras doces, sussurrantes
Que qualquer mulher pode desejar,
Mas uma flor eu beijei
🌹
Saberás o quanto te desejo
Neste momento de festa
Não são precisas riquezas
Muito menos, bens materiais
Apenas um doce beijo,
Mas sabes, que tu vales muito mais
Num só gesto encantador
O teu coração tão nobre
Faz-me sorrir e voltar à felicidade
🌹
Recebo com toda a emoção
O carinho do teu olhar
Os teus lábios entre os meus
E num sussurro, uma verdade
Não haverá prenda melhor
Que abençoados abraços teus,
As flores, eu vou guardar
Como prova de um grande amor
Será gravado, no meu saudoso coração!
🌹

🌹 Autora: Larissa Santos.
 


É sempre um gosto participar nesta brilhante corrente poética - Poetizando e Encantando," brincando". Nem sempre é fácil fazer poemas com qualidade que a brincadeira exige. Assim sendo, apresento a minha simples participação que espero ser do agrado de quem por aqui passa, lê e nos comenta.

Pode e deve visitar: Filosofando na Vida  Prof: Lourdes Duarte

Resultado de imagem para flores

FLORES PARA TODOS...BOM FIM DE SEMANA

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Amor por entre nuvens de distância


Procuro-te por entre as nuvens do mundo
Como quem procura a felicidade rainha
Porque amar-te é o desejo mais profundo
E sonho com o dia em que serás minha
*
Procuro-te dentro do infinito como sendo
A mais cálida música que quero ouvir
O meu olhar fica feliz porque te vendo
Começou e por amor não deixa de sorrir
*
Nossos corações se amam mesmo distantes
Porque se conhecem mesmo sem o saber
Parece até que já se tocaram, muito antes
Do próprio sol, que ilumina o amanhecer
*
Se nos amámos por entre vivências sentidas
Mesmo que nossas almas não se lembrando
Decerto que existem recordações vividas
Nelas, meu coração, está triste, chorando

***
autor: gil antónio
*

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Sou uma gota de água no teu oceano

💧
Sou uma gota de água no teu oceano
A flor silvestre do teu jardim
A chuva que cai lentamente
Sobre os vasos do varandim,
Sou a gota de água que desejas
Saberás que nunca te engano
Mas preciso dizer que te amo
Preciso de alimentar a minha alma
Imaginando-me a pétala, que tu beijas
.
💧
Não preciso de um grande oceano
Apenas de uma gota
Uma gota do teu carinho
Por muito pequeno que ele seja
Tornar-se-á tão profundo,
Quando tu és o meu intenso mar
Eu, o teu pequeno oceano
Ainda que a água se evapore
Este, é o meu sentimento e forma de amar.
💧


💚Autora: Larissa Santos

Voam borboletas em desejos fugazes.


Voam borboletas em desejos fugazes
Sonhos proibidos, marés, desventura
Nuvens cinzentas em olhares audazes
Que engrandecem na minha aventura
,
Uso as minhas forças para te proteger
Dos ventos e todas as forças estranhas
Das nuvens apressadas tento abranger
Pensamentos, que movem montanhas
,
Sinto ao longe o barulho da tempestade
Será vento, ou a chuva em proximidade
Ou apenas, fantasias da minha angustia
,
Mas as borboletas voam desorientadas
Seguindo todas as minhas coordenadas
Desejos e sonhos, geridos com valentia


 🌻

🍀Autora: Larissa Santos

terça-feira, 5 de junho de 2018

Coração em labaredas vulcânicas.


Quando olho para ti, são instantes de Primavera
Sou eu, deixo de ser eu, sou alguém que te ama
Sinto-me ofegar, faces ruborizadas, voz sincera
Arde no meu peito, fogo carente, quente chama
*
Sinto como meu corpo treme e por amor se agita
Meu coração bate, querendo soltar-se do peito
Minhas mãos transpiram. A minha mente medita
Meu pensamento voa, dentro do utópico perfeito
*
Transborda o meu olhar em delírios tentadores
Em que a tua passagem deixa o aroma das flores
Controlo a respiração, solto o brado mais audaz
*
Deixo-me embeber pelo fogo em total perdição
Não sei controlar os ímpetos da minha emoção
Que de tristeza, pelo teu desapego, se desfaz

***
Autor: gil antónio
*

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Não nego, que o meu coração se apaixonou

💧
Vestida de azul celeste em manhã de sonho
Despertando em mim o desejo de conhecer
A pessoa que sempre foste e fizeste de mim
A magia com que te imagino, mas suponho
Que a minha timidez nos ajude a fortalecer
💧
Esperar-te-ei à janela, com grande angustia
Olho o horizonte, contemplando a natureza
Recordo palavras redigidas pelas tuas mãos
Na sala soam os ecos de esperança, empatia
Deixando minha mente em estranha sutileza
💧
Não nego, que o meu coração se apaixonou
E que és, o meu ex-libris, em todas as horas
Coisas do meu coração que a ti me confesso
A minha alma desespera, mas já se resignou
Nesta impaciência, no qual, tu tanto demoras.


💙

🌸Autora: Larissa Santos

domingo, 3 de junho de 2018

Utópicos versos rimados num abraço entre namorados ( Poetizando)

38ª EDIÇÃO  DO POETIZANDO E ENCANTANDO


Abre-se a mente nos utópicos dos versos rimados
Como se fossem prosas de poemas do poetizando
Onde os poetas são textura de poemas inventados
Nos dicionários das poetisas que os vão trinando


Se o sonhar fosse um anel de ligação
Serias o meu poema e eu o pedagogo
Onde para sempre o teu doce coração
Deixava de ser frio sendo quente fogo

**
Num abraço que te daria com esmero
Dar-te-ia um apertado abraço carente
Seria meu amor o mais puro e sincero
Composto de ternura e desejo ardente

**
Como a luz do luar iluminando a noite
Entregar-me-ia ao teu amor por inteiro
Trocando contigo pelavras de felicidade

**
Serias o caminho do meu silêncio afoite
Meu amor por ti, seria sempre primeiro
Onde o fogo fosse um amor de verdade
**
***
 Autor: gil antónio
*
O blogue Brincando com as Palavras, mais uma vez, tem o grato gosto, de se associar ao desafio poético, lançado pela ilustre poetiza, Profª Lourdes Duarte, administradora do blogue, Poetizando e Encantando, que pode (e deve) visitar: ... AQUI

Espero que gostem.
*

sábado, 2 de junho de 2018

Sou o bago adocicado que tu beijas


Sou o corpo que desejas abraçar
Em pleno sonho das noites de primavera
Sou o vinho que desejas saborear
Dos meus lábios, as uvas na tua boca,
Sou o bago adocicado que tu beijas
Aliciada, pelos mais doces desejos
Mas que abraças em plena madrugada
Num desejo que só existe em quimera.
.
Somos a ponte que nos une nesta vida
Por onde vagueamos juntos, perdidamente
Qual elixir que nos leva ao prazer,
E nas madrugadas doces e molhadas
Tens o meu sorriso terno, açucarado
Enrosco-me em teus braços eternamente
E quando me entrego ao teu sabor
Sinto o teu beijo sedutor e abençoado
.
💕

🌻Autora Larissa Santos

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Não deixes chorar o teu coração



Choras de tristeza pela razão sem razão
E te amarguras na amplitude do luar
E deixas vaguear na beleza do coração
Que não sabes explicar qual a direcção
Pensa se não é tempo de agir e parar
*
Choras como as ondas na sua chegada
Abandona este riacho seco, sem vida
Esquece esse árido jardim de erva seca
Procura alguém que faça, não prometa
E te separe dessa triste solidão vencida
*
Choras um amor que te vence e destrói
Deixa de vaguear através da imaginação
Alma que ama nas ondas que constrói
Gera uma chaga que de mágoa tanto dói
Não deixes chorar o teu bonito coração

***
Autor: gil antónio
*