quinta-feira, 14 de junho de 2018

Num lugar qualquer, sem fim.

Imagem relacionada
Esqueci-me do tempo, no tempo
Das águas que se agitam livremente
Dos sussurros d'antigamente,
Esqueci-me, de me amar
E de me ajeitar para ti,
Mas sim
Esqueci-me
Mas não me esqueci de ti
Nem dos momentos passados por aí
Por aí, não é certamente, é muito mais que isso
É olhar-te e não poder tocar, é beijar-te e depois acordar.

Vou esquecer-me
De mim
E num qualquer lugar, sem fim
Olhando o horizonte, pensando
Que este meu tempo sem tempo
Deixa o meu coração pulsando
No tempo, que esqueceu de mim.

👄


🍀Autora: Larissa  Santos

37 comentários:

  1. Bom dia Larissa!
    Mais um lindo poema, amei!
    Beijinhos com carinho!

    ResponderEliminar
  2. Convem NÃO ESQUECER para bem poetizar:=)
    Gostei de ler Larissa e bj

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pelo poema Larissa!
    Gostei muito.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. muito bem. gostei de ler este poema encantador

    beijo

    ResponderEliminar
  5. Oi flor
    gostei do poema muito fofinho bjs

    ResponderEliminar
  6. Que mensagem linda e também triste porque o amor vivido foi apenas um sonho. =/
    Aconteceu muito isso comigo, quando acordava, queria voltar a viver no sonho, porque eu estava tão feliz!
    Beijos. ♥
    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  7. Inspiradíssima.
    Adorei, Larissa.

    Beijos.


    ,

    ResponderEliminar
  8. muito poético Larissa,
    esse olhar parece que abraça o Tejo :)

    beijinho
    Angela

    ResponderEliminar
  9. Que lindo poema, de quem nunca esquece como bem juntar as palavras! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  10. O tempo nunca se esquece de nós...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  11. Oi Larissa, bt!
    Mais um lindo poema que encontro aqui e mais um especial PARABÉNS!
    Bjss amiga 💋

    ResponderEliminar
  12. Poema encantador arrasou como sempre, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com/
    Canal: https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  13. Esse seu, belo, poema li sim,
    mas, não sei, mesmo, se haverá
    no mundo algum lugar sem fim?

    Tenha uma boa noite cara amiga poetisa Larissa.
    beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. Boa noite, Larissa. O seu poema é lindíssimo e os dois últimos versos fecham com "chave de ouro" a sua envolvente e magnífica inspiração. Parabéns e um grande abraço, amiga.

    ResponderEliminar
  15. Bonito poema
    Parabéns Larissa
    Bjs

    Hoje em Caminhos Percorridos - Massagem Relaxante

    ResponderEliminar
  16. bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  18. Belo momento lírico, cara Larissa.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo dia.

    ResponderEliminar
  19. Nunca se esqueça de partilhar estes momentos aqui connosco, por favor.
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  20. Oi Larissa,
    não estava conseguindo comentar
    Linda poesia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  21. Amei minha querida Larissa a poesia e a imagem! Parabéns! Abraços

    ResponderEliminar
  22. Tão belo, Larissa:

    "Que este meu tempo sem tempo
    Deixa o meu coração pulsando
    No tempo, que esqueceu de mim."

    As palavras voaram num encantamento...

    Feliz final de semana
    Bjos.

    ResponderEliminar
  23. Olá, Larissa!
    Um belo poema, Gostei muito, Parabéns.
    Uma excelente semana, minha amiga.
    Beijo.
    Pedro

    ResponderEliminar
  24. Uma reflexão, muito bela e introspectiva... na forma de poema!
    Adorei cada palavra! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar