sexta-feira, 7 de setembro de 2018

O teu sussurro.

💙

Sinto o sussurro da tua voz rouca
No sonho, onde sempre te espero
Afago e cumplicidade, fico louca
E pelo teu cheiro tanto desespero
.
Fecho os olhos, e sinto um arrepio
É o teu toque na minha pele macia
O teu calor é mais forte que o frio
Desejo tanto este afago de malícia
.
Os meus lábios que tanto desejam
O teu toque, aquele afável carinho
Quando os pensamentos se beijam
Os corpos se mimam, devagarinho

👄💕
🌹Autora: Larissa Santos

34 comentários:

  1. Linda e tão romântica poesia! beijos, chica

    ResponderEliminar
  2. Um belo poema, onde a sensualidade das palavras nos remetem para um encontro escaldante...
    Larissa, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Linda poesia. Parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Beleza e sensualidade! Amei!!
    :)

    Intempéries
    Beijos e um excelente dia!

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Larissa!
    Uma poesia amorosa e sensual!
    Gostei muito.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito e especialmente destes dois versos :
    Quando os pensamentos se beijam
    Os corpos se mimam, devagarinho

    Sempre uma boa música a acompanhar (embora esta já esteja há uns tempos) e bela escolha de fotos em cada poema !

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  7. Bom dia, querida amiga Larissa!
    Tão lindo! Assim se sente ao sussurro do amor em nossos ouvidos... Bem assim e, bem devagarzinho, chegamos ao céu.
    Tenha dias felizes e abençoados!
    Bom carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  8. Seus versos são belíssimos Lari.
    Até lembrei dos antigos amores, quando sussurravam para mim, era incrível. *--*
    Beijos. ♥
    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  9. Querida Larissa, mais uma pérola de poesia! Parabéns!
    Hoje estamos comemorando o aniversário da mana Dilene. Vamos fazer uma surpresa boa pra ela, passando em sua página e desejando-a muitos anos de vida.
    Desde já os meus agradecimentos. Bjuss
    O link da página dela
    https://dilenegomes.blogspot.com/2018/09/amor-meu-amor.html

    ResponderEliminar
  10. Tão terno, tão delicado *-*

    r: Muito obrigada!

    ResponderEliminar
  11. Se sinto teu cheiro, haja desespero, eu digo.

    Muito bonito, Larissa.

    ResponderEliminar
  12. Mais uma Pérola poética. Leio e leio e leio sem nunca me cansar. Lindo mesmo.

    Beijo

    ResponderEliminar
  13. Melhor que nunca. Voltou em grande a poetisa.
    Lindo demais.
    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Levemente erótico...
    Gostei!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Sensual, apaixonado e belo poema.
    Peço desculpa pela ausência, mas estou agora a começar a por em dia as visitas após o regresso das férias.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  16. Amor e lascívia numa unicidade delineada em inenarrável beleza poética. Meus efusivos parabéns, Larissa. Grande abraço e ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  17. Na bela sintonia de corações de apaixonados vem as caricias e os quereres cada vez mais lindos e intensos como os sussurros Larissa.
    Mais um belo e inspirado trabalho de nossa bela poesia.
    Abraços amiga.
    Beijo de paz.

    ResponderEliminar
  18. Poema romântico e caliente!...
    Tudo de bom p vc... Abç

    ResponderEliminar
  19. Um poema bonito e legante com toque sutil de sensualidade.
    Bom final semana!

    Bjss!

    ResponderEliminar
  20. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  21. Doçuras da vida...
    Gostei muito, Larissa.
    Beijo
    ~~~

    ResponderEliminar
  22. Uma bela e romântica poesia! Parabéns querida Larissa, seu poetar é encantador! Bjuss

    ResponderEliminar
  23. Que Poesia linda, cheia de romantismo do principio ao fim!
    Adorei Larissa, obrigada pela partilha ������
    Bjs de paz e luz, tenha uma feliz semana.��������

    ResponderEliminar
  24. Tao bom ler te cada vez mais tu e o Gil me surpreendem com os vossos poemas. Bjokas Larissa

    ResponderEliminar