sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Teu olhar ... me seduz



São os teus olhos o perigo que me seduz
Que faz parar o meu olhar quando sente
Ao teu corpo, meu louco desejo, conduz
Volúpia de amor que me aquece a mente
*
É o luar testemunha desta paixão ardente
Que me deixa sem robustez e desvairado
Excita-me a libido esse teu olhar, carente
De um amor fulgente, doce e apaixonado
*
Iluminam o Céu, estrelas em luz dourada
Fulgor dos teus olhos, volúpia extasiada
Doce ternura desse teu libidinoso sorriso
*
Não me olhes com esse olhar açucarado
Quando sabes que por ti sou apaixonado
E facilmente caio num mundo sem juízo

***
Autor: gil antónio

*

32 comentários:

  1. Maravilhoso!!
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  2. Do mais bonito que li até hoje aqui neste maravilhoso blogue. Romantice, sedutor, de versos apaixonantes.

    Grande abraço amigo Gil

    ResponderEliminar
  3. Olhos de amor...Linda poesia! beijos, ótimo fds! chica

    ResponderEliminar
  4. Bom dia meu querido. Apaixonante poema que me deixou sem palavras. Felizarda da destinatária...LINDO, lindo demais. :))

    Bjos
    Votos de um feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  5. Lindo poema, me fizestes lembrar do meu namoro com Alfredinho. hahaha
    Abraços.

    ResponderEliminar
  6. Amei lindo demais. Quem me dera que escrevessem assim para mim. Bjokas Gil

    ResponderEliminar
  7. Esse poema inspirado num apaixonado olhar foi escrito por um trovador apaixonado que deixa transcender de teu ser esse amor forte e pulsante
    Muito lindo, Gil
    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. Que poema mais lindo Gil, fiquei até mais apaixonada ainda. *--*
    Beijos. ♥
    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde, Gil!
    Os bons poetas aplaudem-se de pé! Poema soberbo!

    A chuva invade-me a alma
    Beijos e um excelente fim de semana.

    A chuva invade-me a alma
    Beijos e um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  10. Abençoada a musa que o inspira, poeta. Porque está cada dia mais sublime.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  11. Tão perfeito soneto.
    É comovente saber que ainda há pessoas capazes de tamanha inspiração!

    ResponderEliminar
  12. Fiquei apaixonada pelo seu poema, Gil.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderEliminar
  13. Um lindo poema para fechar esta semana! :) Bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  14. Bonito e inspirador poema.A música de fundo linda.
    Bom final de semana!

    ResponderEliminar
  15. He leído las últimas poesías que publicasteis a cual mas bella.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  16. Se esse olhar o seduz,
    não se dê por vencido
    de noite acende a luz
    no quarto se for preciso?

    Um abraço e bom fim de semana caro amigo Gil António.

    ResponderEliminar
  17. Gil,
    Ah um olhar...
    Um olhar nos diz tudo que
    precisamos saber.
    Esse seu texto me trás tanta coisa boa
    de um certo olhar ...ai ai.
    Maravilhoso poema.
    Bjins
    CatiahoAlc. do Blog Espelhando

    ResponderEliminar
  18. Gostei de ler este encantador poema
    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Quando te pões por cima de mim...!!!

    ResponderEliminar
  19. Boa noite! maravilhoso poema de um olhar apaixonado...Não me olhes com esse olhar açucarado
    Quando sabes que por ti sou apaixonado...Ohhh eu amei, encantador, divinamente apaixonado! Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  20. Ditoso daquele que se deixa levar pelo olhar da pessoa amada, sem fazer questão.

    Envolvente doçura das palavras frequente na tua POESIA, Gil.

    ResponderEliminar
  21. Great post dear!You have a nice blog.
    I follow you can you follow me back?
    I will appreciate that so much.
    www.guzelvekulturlu.com
    Kisses

    ResponderEliminar
  22. Poema que seduz tanto quanto o olhar descrito nele!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  23. E sendo os olhos o espelho da alma... haverá olhares, que nos revelam, verdadeiros universos, por descobrir...
    Um poema muito belo e sedutor!... Onde as palavras fluem admiravelmente...
    Abraço
    Ana

    ResponderEliminar