quinta-feira, 11 de julho de 2019

Lamentos sentidos em noite deserta


Atravesso a noite, auréola seca, que nos separa
Esperando nessa encontrar o amor que nos une
Sabendo que um pouco de nada, que não pára
Deixa o meu coração em chamas de frio lume
*
Queria saborear o teu beijo carente e inseguro
Acariciar-te, escrevendo em ti a minha história
Onde possamos viver um amor louco e seguro
Sentir em mim o teu perfume de amor e glória
*
Caminho pela noite em trépidos passos incertos
Sentindo como o vento embala estrelas floridas
Escutando os murmúrios dos sentidos desertos
Desse sentimento que enlouquece nossas vidas
*
Teu doce olhar embala cada passo, cada instante
Onde uma voz me desperta dum sedutor sonhar
Pareço ouvir os lamentos do meu amor distante
Na solidão da noite, sinto o meu coração chorar
*
***
autor: gil antónio
**

30 comentários:

  1. Gil António....
    Que belo poema... que declaração de amor sentida...!!
    Nota mil!!!

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, Poeta!
    Mas que poema tão belo...Fiquei encantada! Parabéns!

    Caminhos, ou destinos sem saída.
    Beijos e um excelente dia

    ResponderEliminar
  3. "Atravesso a noite, auréola seca que nos separa"? Não entendi.

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde meu Querido Gil.
    O teu poema é absolutamente brilhante...Adorei ;))

    Bjos
    Votos de uma tarde feliz :))

    ResponderEliminar
  5. O meu aplauso ao nosso Poeta Gil António!

    Aquele abraço!

    ResponderEliminar
  6. Fico sempre encantada com a vossa poesia!

    ResponderEliminar
  7. Gostei bastante deste belo poema amigo Gil, aproveito para desejar a continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  8. E quando o coração sofre a poesia ganha beleza! Bj

    ResponderEliminar
  9. good post 😊 would you like to follow each other? if the answer is yes, please follow me on my blog & i'll follow you back. https://camdandusler.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Que linda declaração de amor!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira

    ResponderEliminar
  11. Um belíssimo poema de amor, gostei imenso.
    Caro Gil, continuação de boa semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  12. Uma mulher carente e insegura é SEMPRE uma presa fácil.
    Eu sei, eu sei, é simplesmente um POEMA e, os poetas são tão fingindores.

    A vossa POESIA é de uma trsteza e beleza incomparável.


    O meu beijo nem é carente nem inseguro. É absolutamente tórrido. Não te queimes❗❗❗

    ResponderEliminar
  13. Uma declaração de amor....
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  14. Se define en una sola palabra "PRECIOSA"

    ResponderEliminar
  15. Que poema maravilhoso Gil, me encantei demais por ele. *--*
    Beijos.
    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  16. Gracias por tu visita y aportacion
    Besos

    ResponderEliminar
  17. Bello poema en el que es protagonista el amor en la noche.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  18. Espectacular poema
    Gostei de ler
    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - DIA RUIM NO TRABALHO

    ResponderEliminar
  19. Um poema fantástico, como sempre Gil, adorei <3
    Obrigada
    Beijinho

    ResponderEliminar
  20. Olá sou nova por aqui se puder dá uma passadinha no meu e seguir de volta agradeço bjsss estarei sempre presente

    ResponderEliminar
  21. Mais uma formidável inspiração, Gil... pura emoção do princípio ao fim!
    Belíssimo momento poético! Abraço!
    Ana

    ResponderEliminar