quarta-feira, 20 de novembro de 2019

O Meu horizonte adormecido.

~~~~
Adormeci num sonho em noite de verão
Sentindo as ondas com delicadeza
Me beijavam os meus pés
Com partículas de ternura,
Ali ficavam por mera gentileza
Me acalentavam com sua candura
Sentia o cheiro a maresia,
O fresco em final do dia
E na minha adormecida ilusão
O tempo passava e naquele lugar
Permanecia estática e apaixonada
~~
Olhando o meu horizonte adormecido
Onde o silêncio faz sentido
Existe lucidez na minha mente
E um areal marcado pelas pegadas,
Mas nesta quimera, meu amor,
Que outrora durante o calor
Era o delírio das noites enamoradas,
O sol num momento de despedida
Brilhava, a minha mente despertava
Sentindo das ondas, a brandura
Onde acordo deambulando lentamente.
~~~~ 

🌻Autora: Larissa Santos

37 comentários:

  1. E vagueia-se, contam-se histórias ao mar e tudo faz sentido...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  2. Lindo, amo o mar que é com certeza o grande inspirador dos poetas apaixonados, tanto quanto a linda lua!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  3. Obrigada querida
    nos brindas una colección bellísima de versos
    Gracias guapa por tu visita y aportacion al blog
    te lo agradezco mucho
    cuidate
    Besos

    ResponderEliminar
  4. Nas suas pétalas a flor perfumada,
    tem perfume como eu mais gosto delas
    assim escreveu a poetisa apaixonada
    no seu poema as palavras mais belas!

    Tenha uma boa tarde cara amiga poetisa Larissa Santos. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Todo poema, que têm o mar como tema,
    é sem dúvida apaixonante!...
    Beijinhos com carinho!!!

    ResponderEliminar
  6. O mar, as ondas.... Sempre sublime.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  7. Lindo o êxtase com que descreves tuas intenções Larissa...
    Adoro ler-te!

    ResponderEliminar
  8. Muito sensível, meigo e suave...

    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Olá Larissa!
    Mais um poema fantástico. Parabéns!! :)

    Beijos. Boa noite!

    ResponderEliminar
  10. Poesia decorada com imagens muito belas e românticas.
    Gostei de ler, Larissa.
    Beijos
    ~~~

    ResponderEliminar
  11. Bonita inspiração
    Belo poema
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Como é bom ser RICO.

    ResponderEliminar
  12. No silêncio da noite gosto de ler a tua POESIA, embora não aposte em horizontes adormecidos.

    Boa noite, Larissa!!

    ResponderEliminar
  13. Que lindo,amiga Larissa! Como passa para nós tudo o que sente poetando!

    Imagem magnífica!


    Obrigada pelo comentário no meu post "Ofereço_te uma rosa". A rosa é para você também,claro!


    Beijos sabor carinho e uma noite de terça_feira de paz e alegrias

    Donetzka

    ResponderEliminar
  14. Oi querida
    Desculpe o atraso tive que sair
    Uma poesia singela
    Gostei demais
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  15. Tão adormecida, tem cuidado, não te afogues, loool

    Bonito poema tendo as ondas do mar por inspiração

    Beijo

    ResponderEliminar
  16. Horizonte poético, mar que versa o sentir... Muito bom.

    Te convido para ler: 😎 Cada um é livre para acreditar. Inclusive no inacreditável.
    Um abraço. Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  17. Cheiro de maresia.
    Aqui temos esse desagradável cheiro.

    ResponderEliminar
  18. Boa tarde:- Cheira ao silêncio do barulho maravilhoso e único do mar.
    .
    …………… Poema ……………
    ^^^ Impuros Desejos ^^^
    .
    Deixando um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Existe lucidez na minha mente
    E um areal marcado pelas pegadas,
    Mas nesta quimera, meu amor,
    Que outrora durante o calor
    Era o delírio das noites enamoradas,

    que linda passagem, Larissa :)
    acredito na felicidade de um amor onde se mistura a contemplação da natureza !
    abraço, felicidades

    ResponderEliminar
  20. Belo poema, com uma paisagem que já deixa saudade do verão
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Larissa , belíssimo sonho !
    Agradeço a partilha .
    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Deixei-me encantar com este belo poema.
    Abraço

    ResponderEliminar
  23. O espreguiçar das ondas, o cheiro a maresia, numa noite de Verão...elementos de inspiração quando se canta o Amor.

    Gostei muito, querida Larissa.

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  24. Olá, Larissa!
    Parabéns por este belo poema.
    Quando queremos, o «silêncio faz sentido».
    Beijo.

    ResponderEliminar
  25. Adorei o seu poema de amor.
    É brilhante.
    Larissa, um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  26. Um belíssimo poemar Larissa!
    Me encantando cada vez mais com teus versos!

    Até breve!

    ResponderEliminar
  27. Belos são os teus versos! Parabéns.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  28. Poema muito bonito. Vivo perto do mar e não passo sem ele :)
    Bjs

    ResponderEliminar