domingo, 4 de fevereiro de 2018

Amor:- Exaltação aos desertos do mundo


Bate o meu coração por um amor profundo
Ilusórios desejos de uma ternura alcançada
Sorrisos disfarçados aos desertos do mundo
Exultação da alma, cristalina e apaixonada
.
É meu amor, caminho de fé, que doravante
Receberá luminoso sorriso, que me conduz
Abençoando esta paixão forte, perseverante
Sendo teu olhar de doçura meu trilho de luz
.
Amo-te como quem almeja sair da solidão
Sendo teu olhar o habitáculo, rezada prece
Ferindo o meu coração qual folha de corte
.
Salivam meus lábios por desnuda exaltação
Conseguisse eu mentir mesmo que quisesse
E não sofreria por amar-te, depois da morte
.
Autor: gil antónio
.

43 comentários:

  1. Gil ... amar nunca deveria ser sinónimo de sofrimento!
    Gostei de ler!!!
    Bom sábado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia amiga. Uma grande verdade. Mas existem paixões e amores que perduram para além da morte. Não concorda comigo?

      Um Sábado muito feliz... sem sofrimento.

      Eliminar
  2. Olá, Gil
    Pelo que se vê... a doença recente não afectou minimamente a veia poética...
    Excelente soneto de amor, cujo final me toca de perto.

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
  3. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Para além da morte só existe a escuridão e a saudade a um amor que ficou, (pensamentos).

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  5. Que delicia de poema tenho de saber quem foi a musa que te fez escrever assim. Bjokas

    ResponderEliminar
  6. O amor é a luz do mundo que ilumina qualquer escuridão!
    Bom fim de semana.
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. A paixão que "cantas" faz florescer no deserto que sentes.
    Bem sentido, Gil.

    Abraço
    SOL

    ResponderEliminar
  8. Bom dia Gil!
    Não imaginas quão difícil é comentar-te!! Só um coração sensível e transbordar de amor escreve assim. Certamente que a musa só pode ser, de uma vida inteira. Cada dia os teus poemas são mais apaixonantes.

    Os teus/vossos leitores merecem. Parabéns!!!

    Beijo e um sábado de Paz e amor.

    ResponderEliminar
  9. Bom dia meu querido Gil! Nunca imaginei que soubesses tão bem brincar com as palavras. Conheço perfeitamente esse teu coração romântico e apaixonado, sobretudo pela vida e por todos os que te rodeiam. És lindo! Parabéns pelo poema que em tocou o coração.

    Bjos
    Votos de um sábado feliz

    ResponderEliminar
  10. Olá, Gil!
    O amor é eterno ... perspassa a morte...
    Seja feliz e abençoado
    Bjm de paz e bem

    ResponderEliminar
  11. Apaixonado, profundo e belíssimo.
    Que o amor seja eterno.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  12. Depois da morte, o amor não serve.
    Mas amar até a morte, é válido.

    ResponderEliminar
  13. Um poema intenso! Gostei muito

    r: Muito, muito obrigada :)

    ResponderEliminar
  14. Respostas
    1. Viva amigo Tintinaire

      A poesia é alegre e triste e não só, mas também, por isso se chama: POESIA.

      Grande abraço

      Eliminar
  15. Seu Gil, além de um belo poema, o título foi perfeito.
    Abraços e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  16. Profundo e reflexivo soneto Gil!
    Eu acredito que o amor vai além da vida.
    Bjs,um ótimo final de semana e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde!
    Mais uma vez, postando o Poetizando e Encantando no Sábado deixando o seu convite para participar desta BC, como sempre vem participando para nossa alegria e valorização desta brincadeira. Desde já agradeço de odo coração, sua participação maravilhosa!
    Tem retrospectiva com três amigas que sempre nos encantam a cada participação. Na sequência das edições contemplarei a todos como forma de agradecimento e carinho.
    Larissa, hoje estais na retrospectiva, espero que goste.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte

    ResponderEliminar
  18. Bate o seu coração,
    deixe-o bater à vontade
    oiça com muita atenção
    são batidas de felicidade!

    Tenha um bom fim de semana caro amigo poeta Gil António.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Olá, amigo Gil, seus poemas já são de grife, sempre perfeitos, claros, deixam beleza.
    Beijo, amigo!

    ResponderEliminar
  20. Amigo Gil, vim agradecer sua visita e o comentário que deixou no Poetizando, já deixei seu link de participante comentarista.Obrigada!
    Parabéns por mais essa linda poesia, uma intensa declaração de amor! Abraços, tenho um fim de semana feliz.

    ResponderEliminar
  21. https://poemasdaminhalma.blogspot.pt/
    Olá caro Gil, obrigada por ter vindo.
    E depois do que vi e li, só posso confirmar que o amor tudo supera.
    Lindo!
    Volte sempre.
    Bom fim de semana
    Um abraço
    Luisa Frenandes

    ResponderEliminar
  22. Um poema fabuloso de amor. Assim sente um coração que ama. Fantástico mesmo.

    Abraço amigo Gil

    ResponderEliminar
  23. Um soneto em que o autor enaltece o amor e a paixão.
    Bem construído!
    Saudações Poéticas
    :)

    ResponderEliminar
  24. Quando o amor se escreve assim, parecendo fácil,é igual ao que de verdadeiro tem o amor; parece fácil,contudo é tão difícil.

    Que lindo.

    Beijinhos,
    mz

    ResponderEliminar
  25. Oi Gil
    Gostei muito da poesia, da para captar suas verdades
    Amar uma mulher,sonhar com ela é lindo, mas ao acordar a vida se encarrega de colocar nossos pés no chão
    Beijos
    Lua Singular
    Veja algumas traduções de vídeos que fiz: Gostei mais:Sapore de Sale(Dorli Silva)

    ResponderEliminar
  26. Gostei, este é muito realista, gosto da comparação de a quereres como alguém se quer libertar da solidão. beijos

    ResponderEliminar
  27. Oi Gil,
    O amor quando sincero e recíproco
    dura além da eternidade...
    Belíssimo poema :)
    Beijos!

    ResponderEliminar
  28. Mais uma vez nos brinda com belíssimos versos carregados de sentimento, Gil, muito bom!
    Tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  29. Um poema com nota Artística! Parabéns Poeta.

    Beijo molhado

    ResponderEliminar
  30. Sua poesia não pede licença
    para adentrar os corações.
    Chuta a porta e me enfeitiça
    como aos novos e aos eternos
    poetas.

    Um abração,

    silvioafonso



    .

    ResponderEliminar
  31. Adoro os teus poemas, Gil António
    Tu sabes como tocar o meu coração
    Com teus poemas contribuía até matrimónio
    Pois só tu me curavas esta minha maldição.

    Escreves como ninguém. Parabéns a ti.

    Um sussurro

    ResponderEliminar
  32. Pois, meu caro amigo. Está tudo dito! Apenas reforço: PARABÉNS!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  33. Um amor para alem da vida...
    Grande poema
    Abraço
    Kique
    caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  34. Olá Gil
    Um amor profundo e verdeiro ultrapassa as fronteiras da vida para repousar na eternidade. Teu poema é grandioso caro amigo
    Um abraço

    ResponderEliminar
  35. Estas palavras não são de brincar
    São versos de amores que andam perdidos
    Se há exaltação na dor e nos sentidos
    O tempo e a vontade os irão resgatar.

    Bom Domingo e continuação de muita inspiração, Gil

    ResponderEliminar
  36. A passar por cá, hoje, para desejar um bom domingo!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  37. O Amor: belo sentimento que causa exaltação e muitas vezes sofrimento quando não é correspondido.

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  38. Olá Gil!
    Gostei muito deste belo e profundo poema de amor.
    Bom domingo, cheio de "luminosos sorrisos".
    Abraço.

    ResponderEliminar