sábado, 24 de fevereiro de 2018

O acordar da quimera

Despertei com o arbítrio de ver o sol nascer
De respirar o ar puro ao despertar da aurora
Caminhar pelos caminhos incertos de agora
E esperar que o sol surja para me fortalecer
.
Árvores nuas num frio agreste onde passeio
Ramos ressequidos mostrando a seca severa
Num passeio matinal, o acordar da quimera
Em banco vazio, ontem ocupado, hoje alheio
.
Ainda que o sol demore, vale a pena esperar
Se a caminhada pelas ruelas for sem lamento
A vida não é florida, faz parte dum momento
Quando se admira a paisagem no seu alvorar.
-- 
👀

Autora: Larissa Santos

34 comentários:

  1. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema e desejar um bom fim de semana!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Uma passeata matinal para pôr as ideias em ordem é muito boa ideia!
    Bom dia e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  3. Olá Larissa!
    Olho a foto e nela leio o teu poema.
    Lindo, lindo!
    Beijo e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  4. Lindo larissa 1 Belas palavras para um belo amanhecer reproduzido em linda foto . "Ainda que o sol demore, vale a pena esperar
    Se a caminhada pelas ruelas for sem lamento
    A vida não é florida, faz parte dum momento
    Quando se admira a paisagem no seu alvorar.

    Realmente , a vida nem sempre é florida , mas sempre tem um novo alborecer . Bjs . Bom final de semana . Tem texto novo lá no kantinhodaedite . Dê uma passadinha . Gostaria de ver lá sua opinião sobre o texto . Bjs .

    ResponderEliminar
  5. Foto e poema numa conjugação perfeita. Lindo e amoroso.
    Beijinho Larissa.

    ResponderEliminar
  6. Boa caminhada Larissa e bom fim de semana!

    O meu abraço.

    ResponderEliminar
  7. Bonito poema. Cada dia é uma oportunidade nova de encontro e descoberta... A esperança vem pela manhã.
    Um bom sábado. Abç

    ResponderEliminar
  8. Mais uma bela poesia! Parabéns amiga. Bom dia!
    Mais uma vez deixando o convite para o POETIZANDO E ENCANTANDO que já é um sucesso graças a sua linda participação.
    Hoje a temática que sugeri está muito agradável e dá margem a imaginação poética. Seja mais uma vez participante, para nos deliciar com sua maravilhosa postagem e poesia.
    Tenha um fim de semana iluminado e feliz, com muita saúde e paz.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  9. Eu não consigo entender como se faz poesia todos os dias. Mas, sou eu que não entendo.
    Porque eu nem entendo de poesias.
    A imagem é linda.
    Adoro fotos de troncos.

    ResponderEliminar
  10. Bom dia, Larissa, esse poema é tão lindo que faz despertar quimeras pelo simples fato de viver. Parabéns por tão magistral poética, cordial abraço e tenha um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  11. Bela foto...com um poema em que se pode sentir o frio do ambiente mas a calidez do amor da poeta!!!

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde!
    A imagem está condizente com o texto, Amei. Parabéns


    Beijo e um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  13. Lindo poema,que fala sobre a seca do Agreste e aqui no Brasil ela é muito intensa em certas regiões do Nordeste.
    Parabéns pela inspiração Larissa!
    Hoje participo do Poetizando e Encantando.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  14. Bonitas palavras, bem adequadas à imagem!
    Beijinho e bom fim de semana.
    Joana

    ResponderEliminar
  15. Olá. Gostei muito do poema. Escrito em palavras simples mas profundo na mensagem transmitida. Lindo demais.

    Bjo

    ResponderEliminar
  16. Belíssimo poema!

    r: Muito obrigada *.*

    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  17. Mais que viagem você
    me proporcionou...
    Um beijo e obrigado.

    silvioafonso



    .

    ResponderEliminar
  18. belo poema como sempre Larissa, retrata uma difícil situação, mas ainda assim a esperança.
    Tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  19. Oi Larissa
    Sempre prazeroso ler teus belos e envolventes versos
    Beijos e um excelente domingo

    ResponderEliminar
  20. A resposta que recebi quanto
    ao casal ao lado deveria ter
    sido dada por mim. - Como eu
    reagiria? De fato eu não sei.
    Quem sabe eu não pretendesse
    participar da festa? A pessoa
    que deixou o comentário talvez
    também quisesse, mas só confes-
    saria sob tortura. Com Certeza.

    Beijos,

    silvioafonso



    .

    ResponderEliminar
  21. Vale a pena esperar ver o poente e ler mais um belo poema!!!
    bj

    ResponderEliminar
  22. E o sol voltará sempre, mesmo que meio escondido :)
    Beijinho e bom domingo.

    ResponderEliminar
  23. Um poema lindo Larissa
    Bom fim de semana
    Bjs
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  24. Gostei de ler. Vale sempre a pena esperar pelo sol. Aquece a alma da gente.
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  25. Amiga, mais uma linda e romântica poesia! Parabéns! Grata pela visita, volte sempre. Bjus

    ResponderEliminar
  26. Minha querida Larissamiga

    Tenho passado regulamente por aqui, mas creio que lá muito ao loge comentei uma vez uma poesia que tinhas postado. Hoje, além de passar, deu-me na veneta comentar e espero que me faças o mesmo, coisa que nunca me fizeste :-)

    A seca é sempre dolorosa, mas a esperança mitiga-a e é nessa dualidade que compões este poema com mestria que rima com a árvore que o ilustra. Muito bem conseguido, minha amiga.Voltarei para comentar um destes dias, depois te direi, ou melhor, verás.

    Qjs deste teu amigo e admirador que te espera na NOSSA TRAVESSA
    Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  27. Sempre há esperança de um sol favorável a despertar nossos atos diários! Creia!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  28. Vale sempre a pena apreciar cada alvorecer.
    Lindo poema.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  29. Oi Larissa,
    Você sempre escolhe lindas imagens!
    E esta poesia é uma de suas mais
    belas composições.
    Gosto de ver o sol nascer e admirar
    a paisagem, isso renova minhas forças.
    Beijos!

    ResponderEliminar