quarta-feira, 18 de abril de 2018

Amor = Velas Acesas em Espinhos de Luz.


Amor é amizade, pétalas e espinhos, traição
Escuras nuvens, fria dor, terrível hidrofobia
Lágrimas que rolam, penitências do coração
Insónia da noite, a felicidade, sorriso do dia
*
Abençoada a flor, que exala plácido perfume
Ternura e amor, em ósculo de paixão ardente
Duas velas acesas, luz e dor, chamas de lume
Cruel êxtase em dulçor da gáudio irreverente
*
Alva luz, nascendo na alvorada dos caminhos
Não se olhe o amor como chagas de espinhos
Mas sim, como sorrisos, nos lábios morando
*
Que cada beijo seja um espinho de esperança
Sendo a dor, um aroma, em musical de dança
Que dentro do íntimo fique sempre dançando

*
Autor: gil antónio.
*

38 comentários:

  1. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito! =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  3. Bom dia meu querido, Gil. Mais um poema brilhante que me deixou encantada. Parabéns. Adorei.

    Bjos
    Até logo...

    ResponderEliminar
  4. Sempre inspirações lindas,Gil! abraços, chica

    ResponderEliminar
  5. Stunning words :)
    https://itsallabouttheglowxoblog.blogspot.it/

    ResponderEliminar
  6. Que mais te falta escrever meu amigo. Parabens cada dia um poema lindissimo.bjokas

    ResponderEliminar
  7. Inspiração e criatividade enormes...
    E viva o AMOR!!!
    Boa 4ª feira

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde, Abençoada a flor. que lhe deu inspiração para escrever o belo poema.
    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
  9. Velas acesas aquece meu coração e minhas mãos.

    ResponderEliminar
  10. Que essa luz possa aquecer o amor esperado!
    Muito bonito o soneto Gil.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  11. Adorei Gil principalmente qnd dizes q cada beijo seja um espinho d esperança!! Como sei o q é isso!!!

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde, Gil!
    Temos no nosso pequeno País, à beira mar plantado, BONS Poetas. Mais uma pérola. Amei!!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. O amor tem um pouco de tudo mas quando há traição, já não existe amor.

    ResponderEliminar
  14. Um bonito poema que gostei de ler.
    Abraço

    ResponderEliminar
  15. Que cada beijo contenha nele amor e esperança.
    Maravilhoso soneto
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  16. Que mensagem maravilhosa!

    r: Em nome de ambos, agradeço :)

    ResponderEliminar
  17. dá que pensar Gil!

    Que cada pétala seja um promessa
    de amor que se oferece ao luar irreverente
    que apaga estrelas e despeja prata sobre a gente!


    ResponderEliminar
  18. Lindo soneto em nome do amor e da amizade,
    com espinhos, dor e saudade
    aroma de rosas que anseiam liberdade.

    E é brincando com as palavras que aqui se têm escrito belos poemas.

    Parabéns ao par mais famoso do mundo da poesia.

    Um braço.

    ResponderEliminar
  19. Lindo poema!Que a luz do amor ilumine cada coração.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  20. mt bonito pois a luz faz parte da vida gostei mt bjs

    ResponderEliminar
  21. Bello poema y mensaje.Excelente soneto.
    Un abrazo Antonio.

    ResponderEliminar
  22. Mais um brilhante poema que adorei ler.

    ResponderEliminar
  23. Gostei do seu soneto, amigo Gil António, um canto sobre amor e amizade que se inicia com esta bela estrofe:

    "Amor é amizade, pétalas e espinhos, traição
    Escuras nuvens, fria dor, terrível hidrofobia
    Lágrimas que rolam, penitências do coração
    Insónia da noite, a felicidade, sorriso do dia"


    Um grande abraço.
    Pedro

    ResponderEliminar
  24. Já dizia Vinícius " que seja eterno enquanto dure".
    Belo poema.
    Abraço

    ResponderEliminar
  25. Amor, traição, espinho de luz. Mais uma majestosa poesia. Parabéns amigo Gil pela bela inspiração. Abraços.

    ResponderEliminar
  26. OI GIL!
    ASSIM SE APRESENTA O AMOR, HORA FLORES, NOUTRAS ESPINHOS MAS, É SEMPRE O DONO DOS CORAÇÕES QUE SE PERMITEM SENTI-LO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  27. muito bom! o melhor lido aqui, parabens! abraço

    ResponderEliminar
  28. O amor sempre nos inspirando...mais e mais.
    abraços carinhosos a ti.

    ResponderEliminar
  29. Já disse "n" vezes que, quando me dizem que há uniões perfeitas, sem quaisquer dissensões, fico desconfiado que há ali muita bofetada escondida.
    Desentendimentos são normais.
    O segredo é saber ultrapassar esses momentos.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  30. Um estupendo labor poético, delineado com rico vocabular. Parahéns, Gil Antonio e votos de boa semana.

    ResponderEliminar