segunda-feira, 7 de maio de 2018

Não posso calar o coração


Não posso mais calar este grito arfante
Pois nada mais quero, nem adianta
Dizer que no meu grito dilacerante
Não existe esse amor sufocante
Que me asfixia a alma e a garganta
*
Não posso mais adiar essa dor sem cura
Qual faca que me fere a alma ardente
Como se a saudade fosse a loucura
Que pelo meu coração sempre perdura
E me queima de forma incandescente
*
Não posso curar esse dorido cansaço
Nem o calor que sinto em libertação
Quero que na utopia desse embaraço
Dizer-te, no calor de um forte abraço
Não posso mais calar o meu coração

***
Autor: gil antónio
*

34 comentários:

  1. Gil
    E não deve calar mesmo.
    Qie ester versos sejam libertadores e que sirva de modelo
    pra nós leitores, poetas amantes
    da palavra.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia meu querido Gil. Parabéns. Um grito sentido, de amor, dum coração já cansado. Lindo. :))

    Bjos
    Feliz dia

    ResponderEliminar
  3. Não pode e nem deve,....
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  4. Gostei...mas gostei mesmo!
    Este poema soou-me a palavras sentidas,
    verdadeiras.
    Sem tentativas de, na palavras, encontrar
    brincadeiras...

    Boa semana, Gil.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Gil!
    Poema extremamente Profundo!! Amei.


    Especial:- Nesta dança, onde o amor é a consagração. [ POETIZANDO...]
    .
    Beijo e uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  6. O coração nunca se cala =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. Não pode nem deve calar seu coração. Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Sempre é melhor deixar falar o coração...Linda! abraços, chica

    ResponderEliminar
  9. Bom dia Gil, penso que o coração é rebelde, não cala qdo o amor se instala, calar pq se o amor quer saber-se aplaudido, paparicado, e seus versos expressam a fome de amor do seu coração!
    Agradecida pelas gentis palavras alusivas à minha participação na BC da Chica, saber-me lida por vc e Larissa é uma referência.
    Votos de uma abençoada semana!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  10. Não posso mais calar o meu coração ... pois tal como o poeta há um sentimento que faz questão de se soltar e proporcionar um bom momento de leitura!!!bj

    ResponderEliminar
  11. Deixar que o coração fale e grite. O amor ouvirá...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Linda poesia! Não pode calar o coração nem muito menos sufocar o amor que está cravado no peito e adentrou na alma.
    Parabéns! Feliz semana.

    ResponderEliminar
  13. E para quê calar? É preciso que grite... Bem alto...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  14. Um grito de amor!
    Muito lindo amigo Gil.
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde, não se consegue sufocar o coração, o grito de liberdade pelo que sente, é um grito ouvido por outro coração.
    Parabéns pelo lindo poema.
    Boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
  16. O coracao quando ta machucado fica assim dorido.bjokas Gil

    ResponderEliminar
  17. Dedicado ao Glorioso?
    Abraço e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Magui

      Nem me vale no Glorioso. Ainda me dói a barriga de ter tantos nervos e não vejo qualquer programa desportivo, lool

      Eliminar
  18. Nossa!
    Esse coração está mesmo zangado. :)...Mas o poema ficou muito tocante. Parabéns Gil!

    Bjus querido :)

    ResponderEliminar
  19. Um grito apaixonado! ...Lindo!:)))

    Beijinhos :)))

    ResponderEliminar
  20. Pessoalmente, acho que não podemos nem devemos calar o nosso coração.
    Gostei muito do poema!

    r: Muito obrigada :)

    ResponderEliminar
  21. Gil o coração que grite bem alto o que lhe vai lá dentro
    Abraço
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  22. Que nunca se cale o coração! :) Belo poema. Boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  23. Boa noite Gil! Linda poesia. Calar o coração não é a solução,faz muito mal e causa aflição. Deixe o coração desabafar e esse imenso amor ao mundo poder gritar, só assim a alma pode se libertar.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  24. Que o poeta, nunca por nunca, cale o coração... para não me deixar numa aflição.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  25. Dar vez e voz ao coração é imagem perfeita para o amor...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  26. Calar o coração faz mal a todo o corpo.
    E ao espírito.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  27. Nunca devemos calar o coração.
    Simplesmente maravilhoso.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar