sábado, 23 de junho de 2018

Amor sem rumo ... sinto-me triste



Sinto-me triste. O tempo está frio, quem diria
Que as aves não voariam, omitindo o caminho
Hoje apenas um beijo teu alumiava o meu dia
Me tirava esta angústia por não ter teu carinho
*
Os dias são cinzentos. As noites são tão frias
Sem o teu sorriso, a tua meiguice, o teu calor
O cheiro da tua pele, as tuas mãos tão macias
Não existe sol e a neblina do dia não tem cor
*
Sinto-me triste. Os meus passos endiabrados
São passos sem rumo, frios, doídos, cansados
Saudade dos teus beijos, desejo que persiste
*
No meu coração, pelo teu amor, tão desejado
Que o incerto frio levou pelo caminho errado
E só por te amar tanto assim, sinto-me triste

***
Autor: gil antónio
*

41 comentários:

  1. lindo como sempre. beijinhos
    http://amigos-da-cozinha.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Bom dia meu querido Gil, que poema tão poderoso...Não há palavras para o descrever. Lindo demais. :))

    Bjos
    Votos de um dia feliz.

    ResponderEliminar
  3. Interessante pois falar de tristeza e amor ... o poeta cria um belo poema!
    bj

    ResponderEliminar
  4. Tristezas não pagam dividas!
    Excelente o poema!
    Há coisas assim na vida...

    Olhar d'Ouro - bLoG
    Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

    ResponderEliminar
  5. Bonitas palavras…
    "E só por te amar tanto assim, sinto-me triste" palavras que me descrevem completamente

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Caro Gil: As metáforas desse irreparável poema, nos deixa fluir e voejar pela entrelinhas desses verso, bordados de raríssima beleza. É uma visita, que faço com prazer. Como não gostar de tão sublime inspiração ? Você é um poeta nato e revisitar-te é sempre a certeza de encontrar maravilhas como essa. Aplausos e desejo-lhe uma semana promissora e feliz. Abraço da amiga e leitora, Luiza.

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde!!
    Poema que para além se um pouco melancólico, tem uma beleza ímpar!! AMEI!

    Beijo e um excelente fim de semana!

    ResponderEliminar
  8. Bom dia, Gil!
    Muito bonito e retrata muito bem a realidade quando se perde um Grande Amor. Dói demais na alma da gente! O vazio existencial toma conta do nosso coração.
    Seja muito feliz e abençoado junto aos seus amados!
    Abraços fraternais de paz e bem

    ResponderEliminar
  9. Bom dia caro Gil!

    Somente podemos contemplar a plenitude da felicidade quando conhecemos bem a tristeza e sua origem. O ciclo da vida é assim, as rosas possui em espinhos, o sol também queima é a lua nem sempre está cheia. Parabenizo por essa partilha, pois, os grandes poetas são exatamente assim. Retratam a plenitude do sentimento que invada sua alma. Parabéns meu amigo.

    Abraços
    Desejo um ótimo dia e um fim de semana repleto de paz, luz, amor e harmonia.
    Wellington Maia.

    ResponderEliminar
  10. O tempo aqui também está triste e deixa as praias desertas!

    ABRAÇO.

    ResponderEliminar
  11. Parabéns ao meu Poeta de eleição! :)))

    Beijinhos m... :)))

    ResponderEliminar
  12. Que o fim-de-semana venha com bom rumo
    Abraço

    ResponderEliminar
  13. A incerteza pode provocar tristeza, nunca o amor
    Gostei do poema :)

    ResponderEliminar
  14. Mais um lindo e romântico poema amigo Gil. Parabéns! Abraços

    ResponderEliminar
  15. Há momentos assim... em que pensamos que perdemos tudo...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  16. Um poema triste como o nome indica, mas muito bonito! :) Bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  17. Pois eu, Gil, sinto-me radiante pois acabei de ler um belo poema de amor.
    Muito bom, poeta!
    Abraço e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  18. Eu adoro seus poemas, sempre me identifico com as fases descritas.
    Beijos. ♥
    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  19. Confesso que já sentia uma certa saudade de ler um Soneto onde se não falasse apenas de Amores Felizes. Acho que, no fundo, sou um bocado masoquista. :)

    Belo poema...

    Bom FDS, Gil.

    ResponderEliminar
  20. https://poemasdaminhalma.blogspot.com/
    Olá Larissa!
    Belíssimo poema, um tanto nostalgico, mas interessante ," Amor sem Rumo".
    Beijinho e ótimo fim de semana.
    Luisa

    ResponderEliminar
  21. A vida tem momentos assim....
    Gostei de ler
    Abraço

    Hoje em Caminhos Percorridos - Pilhas para VIBRADOR

    ResponderEliminar
  22. Um poema muito bonito, apesar de nostálgico.
    Um abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  23. INFORMAÇÃO

    Na Nossa Travessa já se encontra o texto n.º 5 a saga É DIFÍCIL VIVER COM UM IRMÃO MONGOLÓIDE. O título dele é “MAS QUE DEUS É ESTE?


    ResponderEliminar
  24. Oi Gil, bn!
    O poema é lindo e fiquei com peninha da figura do coração partido e em lágrimas.
    Bjsss amigo e um belo FDS p/vcs

    ResponderEliminar
  25. Ah, que sentimento profundo amigo num belo soneto de sensibilidade.
    O coração partido despedaçado sem rumo.
    Belo trabalho amigo.
    Abraços e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  26. Oi Gil,
    Não estou muito bem e coloquei o comentário pra fora.
    Linda poesia de amor. Ele é tudo
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  27. A passar por cá para desejar bom fim de semana!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  28. Llorar es natural, igual que te rompan el corazón.
    Me ha encantado.

    ¡SALUDOS DESDE ESPAÑA!

    ResponderEliminar
  29. Felizmente, hoje o sol veio com força e o calor aqueceu o dia que ainda ontem estava tão triste. Mas, amigo, quando o coração está triste, não há sol que o ilumine, nem calor que o aqueça; fica gelado o coração de alguém quando se vai embora um grande amor. Beijinhos, amigos e um bom fim de semana.
    Emilia

    ResponderEliminar
  30. Olá
    O amor é tudo
    Ele nos transforma
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  31. Caro amigo Gil, eis um lindo soneto repleto de paixão. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo domingo.

    ResponderEliminar
  32. Gíl,
    Gostei muito do título
    e dos versos sentidos.
    Faz parte da vida o
    sentir-se triste muitas vezes.
    Mas nunca faltará argumento
    para uma linda poesia.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  33. Lindissimo e triste mas espetacular bj Gil

    ResponderEliminar