sexta-feira, 1 de junho de 2018

Não deixes chorar o teu coração



Choras de tristeza pela razão sem razão
E te amarguras na amplitude do luar
E deixas vaguear na beleza do coração
Que não sabes explicar qual a direcção
Pensa se não é tempo de agir e parar
*
Choras como as ondas na sua chegada
Abandona este riacho seco, sem vida
Esquece esse árido jardim de erva seca
Procura alguém que faça, não prometa
E te separe dessa triste solidão vencida
*
Choras um amor que te vence e destrói
Deixa de vaguear através da imaginação
Alma que ama nas ondas que constrói
Gera uma chaga que de mágoa tanto dói
Não deixes chorar o teu bonito coração

***
Autor: gil antónio
*

34 comentários:

  1. Ola Gil nunca devemos deixar o coracao chorar seja porque razao for. O meu ultimamente nao tem razoes para sorrir. Bj bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, Gil António! Parabéns pelo excelente poema!

    Beijo. Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  4. Que lindo poema,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  5. Bom dia meu querido. Poema brilhante, como só tu sabes escrever. Adorei :))

    Bjos
    Um dia feliz.

    ResponderEliminar
  6. Um poema muito bonito =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. Gil ... quando o coração chora é uma "chatice"!!!
    ...
    Adorei o poema ... bj

    ResponderEliminar
  8. Gil ... quando o coração chora é uma "chatice"!!!
    ...
    Adorei o poema ... bj

    ResponderEliminar
  9. O coração não chora por dá cá aquela palha. Mas quando chora, só um grande amor o pode consolar.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  10. Essa tristeza sem razão quem conhece bem são os deprimidos e não é nada bem. mas sua poesia amigo ficou linda! Parabéns! Abraços.

    ResponderEliminar
  11. Vou mandar esse hino para
    o meu cardiologista. Talvez
    o sujeito me ajude a cuidar
    daquilo que faz do meu amigo
    Gil o mais romântico dos poetas.

    Adorei, camarada. Muito bonito
    e até triste, se você quer saber.

    Um abraço grande e um fim de
    semana bom pra vc também.



    .

    ResponderEliminar
  12. Por vezes alivia
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  13. Bonito, mas qdo o amor faz sofrer é hora de repensar...

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  14. Caro Poeta Gil: Teus versos, sob composição precisa e linda. Numa mescla de romantismo com modernismo. E metáforas irretocáveis. Desamor algum, poderá destruir o coração poético ! Meus sinceros parabéns. Ficou belo demais. Abraço da sua leitora, Luiza De Marillac Michel !

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde, Gil! mais um belo poema que partilha, também se chora de felicidade? julgo que sim,
    Bom fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  16. Olá, Gil.
    Belíssimos versos, como de costume!

    ResponderEliminar
  17. Por vezes, é preciso chorar, para se libertar o coração
    Gostei muito do poema :)

    r: Muito obrigada!

    ResponderEliminar
  18. Lindo poema, chorar é preciso de vez em quando.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Lindo poema, amei! O coração cheio de bons sentimentos, de amizade não deve chorar.
    Feliz dia, abraços!

    ResponderEliminar
  20. Acho que o pior choro, é aquele que vem da alma e do coração. Amei o poema
    Beijos

    www.estiilocarol.com

    ResponderEliminar
  21. Um poema lindo e que demonstra que o coração por vezes tem que chorar! Bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  22. Grande poema Gil

    Um bom fim de semana

    Abraço

    ResponderEliminar
  23. A tristeza/dor que leva às lágrimas do coração, fazem duma ou doutra forma parte integrante do processo de amar... aqui poeticamente muito bem expresso. Gostei muito.
    Muitos parabéns e bom fim-de-semana
    Abraço
    VB

    ResponderEliminar
  24. Estou devagar voltando foi preciso e necessário
    me afastar .
    A saúde falou mais alto agora aos poucos
    visitar cada amiga ou amigo.
    O poema é lindo embora um pouco triste,
    mais existe um amo imenso.
    Feliz final de semana beijos.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  25. Um detalhe esqueci aqui são dois poetas
    posso garantir vou fazer um link colocar no meu blog,
    assim ñ terei dificuldades para localizar.
    Hoje ainda será feito.
    Beijos meus amores.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  26. Gil, felicito-o por mais um belo poema de amor.
    Amor este, que faz chorar de «tristeza pela razão sem razão».
    Perfeito!
    Abraço e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  27. Muitas vezes, depois do choro, da tristeza, iluminamos nosso caminho e tomamos a decisão de sermos felizes. Ação inteligente!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  28. boa noite Gil, poesia linda.Inspiração arrancada no âmago da alma.Apalusos totais!
    Abraço e bom final semana!

    ResponderEliminar
  29. Bom dia Gil.
    Lindo poema sobre algo
    as vezes necessário para
    limpar, ainda que doa.
    Chorar nunca é bom, mas
    se não nos permitirmos nunca
    vamos
    ficando sem alma...
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  30. Um belo poema, Gil! Por vezes, também há amores assim, corrosivos... que não nos acrescentam, mas antes nos destroem...
    Inspiração e criatividade, sempre em alta, por aqui...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar