sexta-feira, 27 de julho de 2018

Um copo de cristal, meio cheio

 
 🔽
Espero, numa quimera, sem sono
Mergulhada em recordações
De tantos desejos
Tantos sonhos por realizar
Onde apenas vivi as emoções
De um amor comprometido
Mesmo sabendo
Que do meu coração, és dono
E por ti, espero o tempo que por preciso
🔽
Brindar-te-ei com todo o meu carinho
Mesmo que o suor seja o vinho
E, em noite fria em calor ausente
É tão deprimente,
Olho a porta de entrada
Está fechada
Sinto no meu coração um calafrio
Um desejo intenso, é saudade
De ver passar a vida devagarinho
🔽
E nesta quimera sem sono, aguardo
Vestida de fino cetim, transparente
Um copo de cristal, meio cheio
E um brinde prometido
Saberás, que o meu instinto não mente,
E quando não satisfaço os meus desejos
Nem sequer saboreio os teus beijos
Fica o meu coração entristecido,
Com o receio, de já ter sido esquecido!
🔽🔽

💗Autora: Larissa Santos

37 comentários:

  1. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Ás vezes, esperamos e não encontramos o amor...
    Quanto ao meu desafio, é para dizer qual o tema do jantar, indicar os nomes das personagens principais e até sugerir a ementa de acordo com as sugestões que lá deixei.
    Até já
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  3. Dos teus melhores poemas, excelente.
    Larissa, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia, Larissa, "o copo de cristal meio cheio" testemunha a espera alongada, a qual, mesmo súplice contém, em versos, belíssima poética. Parabéns, amiga e um fraternal abraço.

    ResponderEliminar
  5. Um brinde a esse maravilhoso poetar!
    Lindo amiga Larissa.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Para além de muito sedutor é maravilhoso!! AMEI!

    Espero-te...como quem espera pelo verão

    Beijo e um excelente dia!

    ResponderEliminar
  7. Ninguém esquece quem escreve assim.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Bom dia Larissa: Tomo a liberdade reprisar aqui uma frase do Poeta Antenor: "o copo de cristal meio cheio testemunha a espera alongada " . Parabéns, e meu fraterno abraço, Luiza !

    ResponderEliminar
  9. Muito bom este post, gostei muito desta poesia.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde!
    Fiquei fascinada com a beleza deste poema!

    =)
    Sonhos de outrora... olhares de hoje...
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  11. Sempre fascinantes os poemas da Larissa. Entram através da leitura no meu coração. Puro fascínio poético

    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Que poema maravilhoso!

    r: É tão bonita :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  13. Que essa espera,
    não seja em vão
    por vontade quisera
    que seja do coração!

    Tenha uma boa tarde cara amiga poetisa Larissa Santos.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  14. Oi Larissa, bt!
    Poema lindo e mais uma bela foto escolhida. Parabéns amiga!
    Bjsssssss

    ResponderEliminar
  15. Dizem que quem espera desespera. Oxalá esse amor chegue antes de que tal aconteça.
    Gostei do poema.
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. O "passar da vida" enclausura-nos na saudade de viver sempre no amor e pelo amor.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  17. Que esses sonhos se realizem para bem e estabilidade emocional do teu coração. Poema muito bem escrito.

    Bjo

    ResponderEliminar
  18. Mas que bonita declaração de Amor!

    Gostei de a ver assim: "Vestida de fino cetim, transparente..." :)

    Mas por onde andará esse seu amor. Não sabe ele que a vida passa e com ele a juventude se vai...

    Muito lindo, Larissa.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  19. Li com deleite este grande poema
    Bjs

    Hoje em Caminhos Percorridos - ENVELHECER

    ResponderEliminar

  20. INFORMAÇÃO
    Acaba de ser publicado na Nossa Travessa o episódio n.º 9 da saga É DIFÍCIL VIVER COM UM IRMÃO MONGOLÓIDE desta vez com o título Vem à baila testamento.


    http://anossatravessa.blogspot.pt

    Como habitualmente voltarei depois para postar comentário.

    ResponderEliminar
  21. Viver o amor, estar na bela magia de amar!
    Lindo poetar por aqui amiga Larissa!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  22. Copo meio cheio já é uma abordagem positiva.
    O oposto é que não gosto.
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  23. Maravilhosa! Vim agradecer e deixo bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  24. Bom dia,Larissa
    que beleza nos versos que falam sobre a taça, que está meio cheia, o que nos refere a algo de esperança, na espera do ser amado.E com esperança com certeza, a porta vai se abrir. Poesia maravilhosa! Beijos!

    ResponderEliminar
  25. Para além de excelentes poemas sempre belas músicas e fotos perfeitamente adequadas a cada poema ! :)

    ResponderEliminar
  26. So tenho uma palavra Fantástico.bjokinhas Larissa

    ResponderEliminar
  27. Seus poemas são sempre lindos e cheios de amor, eu adoro ler e senti até saudades de visitar seu cantinho. *--*
    Beijos. ♥
    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  28. A foto é soberba e combinou bem com o poema... ambos fizeram um post perfeito...

    Beijos...

    ResponderEliminar
  29. Mais uma belissima composição expressando desejos e temor. Seus versos ardentes encantam e merecem apalusos todos!
    Votos de um ótimo findi!
    Bjss!

    ResponderEliminar
  30. Oi Larissa,
    Um amor comprometido é
    sinônimo de metades,
    e isso é triste.
    Parabéns pela inspiração!
    Beijos ;)

    ResponderEliminar
  31. Olá Larissa, você faz poesias com muita facilidade (parece). Parabéns.

    ResponderEliminar