sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Entre o mar e o sonho



Olho o mar num desejo profundo
Olho o areal da cor do malmequer
Sendo eu um viajante do mundo
Olho feliz as suas ondas de mulher
*
Areal que me envolve os pensamentos
Uma onda que esbate na fina areia
Traz-me saudade e felizes momentos
Em que recordo o teu corpo de Sereia
*
Já noite, olho o céu e a brilhante lua
Parece reflectir no mar essa voz tua
Que  ao pôr-do-sol, me apaixonou
*
Olho o luar e o feitiço do mar salgado
Onde ondulo como um barco cansado
Imaginando a sereia que nele viajou

***
autor: gil antónio
.

35 comentários:

  1. O mar é cúmplice...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito de conhecer o teu blog e da forma como escreves :)

    www.keke.pt

    ResponderEliminar
  3. Gostei deste belo poema amigo Gil e aproveito para desejar a continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  4. Confesso, que é raríssimo gostar das vossas imagens‼ Hoje a imagem | fotografia é um mimo. Adoro fotografias a preto e branco. O poeta sentado à beira-mar, esperando pela sereia dos seus sonhos⁉ Maravilhosa‼

    O soneto não precisa de elogios, Gil António, tu sabes que SEMPRE me rendo à tua POESIA 💚

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresa: Tu não és uma mulher...
      és simplesmente, imaginação
      imagino-te como a doçura do mel
      que adoça o meu coração

      Jinho daqueles ...

      Eliminar
  5. Excelente soneto, como sempre.
    Caro Gil, continuação de boa semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Jaime Portela

      Agradeço e com amizade, retribuo

      Boa Continuação

      Eliminar
  6. Costumam-me chamar de sereia quando saio do mar com a água escorrendo pelo corpo....Mmmmmmmmmmmm...há quem goste do sabor da água salgada :))). Poema muito bonito. Aplauso ao Poeta Gil! :)))

    Beijinhos M

    ResponderEliminar
  7. Parabéns, maravilhoso!
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Maravilhoso como já nos habituaste!! Parabéns!

    Beijo. Boa noite

    ResponderEliminar
  9. Parabéns amigo Gil, por mais essa pérola de poesia! Abraços

    ResponderEliminar
  10. Boa noite!
    Queridos amigos, o poetizando está de férias, mas a nossa amizade não!
    Diante de tanto carinho e apoio recebido nesses dias, que foram importantes para me reerguer e segui em frente. Fiz uma singela postagem em agradecimento aos meus queridos amigos e amigas, que são verdadeiros presentes divinos.
    Obrigada por tudo! Deus esteja sempre lhe protegendo a todo instante.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  11. O mar inspira os mais belos textos poéticos.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
  12. Gil!
    Eu amo seus poemas e os da Larissa.
    Esse de hoje está maravilhoso.
    Ainda aguardo você(s) nesse
    meu novo espaço.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  13. Vejo pescadores voltando do mar.

    Veja o filme: Twin Perks: os últimos dias de Laura Palmer de depois trocamos ideias.

    ResponderEliminar
  14. Olho o mar, e sinto uma paz desigual.
    Bom fim de semana
    Beijo

    ResponderEliminar
  15. Entre o mar e o sonho lhe desejo bom fim-de-semana
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Sua poesia tem o poder
    me mexer comigo, sabia?
    Beijos.

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde, que foto sugestiva.
    Tantas metáforas lindas que fazem o seu poema ser pura emoção.
    Senti-me sentada naquela areia a esperar a sereia do seu poema, que viajou nas ondas do mar. Beijos!

    ResponderEliminar
  18. O mar e a magia que desperta em quem tem uma alma poética!
    Bom fim_de_semana

    ResponderEliminar
  19. Olhando o mar com sensualidade...
    Original e muito interessante.
    Abraço, Gil
    ~~~

    ResponderEliminar
  20. Me fez sentir saudades da praia, de sentar e contemplar....
    Abraços

    ResponderEliminar
  21. El mar,la luna y el silencioso entorno que en una noche serena rodea al poeta, es el lugar ideal para que las musas lleguen, los recuerdos fluyan y hagamos del mar y la luna nuestros mejores confidentes.
    ¡Precioso poema lleno de nostalgia!
    Ha sido un placer leerte.
    Cariños.
    kasioles

    ResponderEliminar
  22. Um soneto muito belo, onde o mar é a inspiração.
    Bom final de semana.
    :)

    ResponderEliminar
  23. Un bello soneto dedicado al mar.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  24. Gostei de ler
    Bonito
    Abraço
    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - MULHER...

    ResponderEliminar