segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Melancolia da lágrima

~~~~
Cai a lágrima sem pedir
Num lembrança que dói
Do nada...eu vejo sumir
Um amor que se destrói
E numa nuvem escondida
Onde prendo o meu olhar
Pensativa mas convencida
Até ao mau tempo passar
No pensamento mais triste
Onde não estás...triste sina
Ao meu estado não assiste
E o meu coração se resigna
E a lágrima descontrolada
No meu rosto, deprimente
Quando olha, não vê nada
Mas sabe que está carente.
~~💧~~

⛅Autora: Larissa Santos

40 comentários:

  1. Por vezes lágrimas precisam escorrer... LINDAS poesia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. A melancolia é, por definição, o espírito da lágrima.
    Melancolia é a prática espiritual da lágrima...
    A última estrofe fala isso com sabedoria:
    "E a lágrima descontrolada
    No meu rosto, deprimente
    Quando olha, não vê nada
    Mas sabe que está carente."

    ResponderEliminar
  3. Feliz Domingo pra você minha linda amiga.
    Parabéns!
    Doce e encantadora poesia...
    Cai a lágrima sem pedir
    Num lembrança que dói
    Do nada...eu vejo sumir
    Um amor que se destrói...


    ☆ Uma doce lágrima que lava a alma e o coração... Parabéns!

    ResponderEliminar
  4. Melancólicos, mas lindos versos!

    Bom Domingo. Beijos

    ResponderEliminar
  5. Olá Larissa, bela poesia! dá-nos vontade de abraçar essa lágrima :)

    ResponderEliminar
  6. E a carência provoca esta sensação!
    Gosto do poema... Bj

    ResponderEliminar
  7. Um poema muito belo,
    de o ter lido gostei
    ler outros mais quero
    para isso aqui voltarei!

    Tenha uma boa tarde de Domingo cara amiga poetisa Larissa Santos. Beijos.

    ResponderEliminar
  8. AQUI, só a natureza é que chora‼

    Eu sei, eu sei, que é simplesmente um POEMA‼ A tua vida é bela e tu só precisas dele para te abrir os frascos de vidro (desculpa a brincadeira)

    Beijinho da amiga de longe, sem lágrimas nos olhos 🐉

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem dera que fosse bela...Se fosse, nem tinha piada nenhuma:))

      Eliminar
  9. É doloroso quando as lágrimas são de solidão e/ou sentimento de vazio, quiçá abandono. Mas tudo passa. Haja fé.

    Poema muito triste mas, como todos os poemas aqui insertos, de uma beleza de nos levar...às lágrimas de respeito e elogio.

    Bjo

    ResponderEliminar
  10. Boa noite Larissa,
    Um poema de amor, de um amor que faz sofrer!
    Quem nunca deitou uma lágrima pelo seu amado?;))!
    Um beijinho e uma boa semana.
    Ailimne

    ResponderEliminar
  11. Oi Larissa
    Uma bela poesia de amor
    Uma lágrima que cai um amor que prospera
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. Olá, Poetisa, Larissa !
    Nas nuvens, a dor de uma lágrima...
    Se valeu, somente os teus olhos sabem !
    Parabéns !
    Um carinhoso abraço, aqui do Brasil.
    Sinval.

    ResponderEliminar
  13. Oi Larissa, td bem?
    Triste com um amor se destrói, nessa hora é difícil conter as lágrimas!
    Lindo poema, gostei muito!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. As lágrimas a lavar a alma...

    Boa semana.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. As lágrimas. A tristeza da alma…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  16. Superação a cada dia, minha amiga
    e poeta Larissa.
    Adorei...
    Bjs.

    ResponderEliminar
  17. Triste mas belíssima poesia, Larissa.
    Um carinhoso abraço de
    Verena.

    ResponderEliminar
  18. São sempre muito tristes as lágrimas de solidão, desespero, quiçá até de resignação por um amor ausente e, no tempo, perdido. Mas existe a esperança...sempre.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Quando o amor se desmorona, sentimo-nos perdidos... e a alma chora, pelo olhar que o outro deixou de ver, faltando saber apenas quando é que a renúncia voltará a ser completude.
    Uma boa semana , Larissa.

    ResponderEliminar
  20. Bem triste a poesia, porém ela é lindíssima!!

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderEliminar
  21. Poeticamente até a melancolia é bela.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  22. Por vezes sabe bem deixar cair as lágrimas que nos incomodam.
    Boa semana
    Beijo

    ResponderEliminar
  23. Lindíssimo poema!
    Beijinhos e uma feliz semana

    ResponderEliminar
  24. Como poderei tirar-te essa melancolia? Será com uma viagem e/ou levar-te aos pincaros dos "pirinéus, lol

    Como sempre, bonito poema

    Beijinho

    ResponderEliminar
  25. Lindo poema
    Bjs
    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Só depois do sexo...

    ResponderEliminar
  26. Lindo demais,apesar de uma ponta de tristeza, amiga Larissa! Amo seus poemas!

    Obrigada pela visita e volte mais vezes! Tem post novo de hoje,22 de outubro.

    Beijos sabor carinho e uma noite de terça de paz e alegrias

    Donetzka

    ResponderEliminar
  27. Boa tarde Larissa!
    Gostei do seu poema, querida amiga, que se inicia com esta bela estrofe:

    “Cai a lágrima sem pedir
    Num lembrança que dói
    Do nada...eu vejo sumir
    Um amor que se destrói”

    Uma boa continuação da semana Larissa.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  28. As lágrimas são assim mesmo...
    Belo poema, gostei imenso.
    Larissa, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  29. As lágrimas se soltam quando a alma se encontra inundada de sentimentos.
    Belíssimo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  30. A lágrima é o jeito que a Alma tem para dizer o que sente.



    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  31. Olá, Larissa!
    Meus votos de uma boa semana de alegria e paz.
    Um beijo.
    Pedro

    ResponderEliminar